thumbnail Olá,
Ao Vivo

Primera Division

  • 22 de dezembro de 2012
  • • 17:00
  • • Estadio La Rosaleda, Málaga
  • Árbitro: Alejandro José Hernández Hernández
  • • Público total: 28004
3
TF
2

Málaga 3 x 2 Real Madrid: Alviazuis vencem e complicam ainda mais a vida do Real

Málaga 3 x 2 Real Madrid: Alviazuis vencem e complicam ainda mais a vida do Real

Getty

Gols de Santa Cruz no segundo tempo acabaram definindo a partida em favor do time local

O Real vai ficando cada vez mais longe do sonho do bicampeonato espanhol. Neste sábado, a equipe de José Mourinho foi batida pelo Málaga por 3 a 2, se afastando dos líderes Barça e Atlético. Roque Santa Cruz foi o nome do jogo com dois gols para o time da casa, enquanto Isco abriu o placar. Sánchez, contra, e Benzema fizeram para os blancos.

A equipe de La Rosaleda chegou a 31 pontos e diminuiu para dois a diferença para o mesmo Real, que só volta a jogar no dia 6 de janeiro, contra o Real Sociedad, em casa. Já o Málaga encara o Deportivo La Coruña um dia antes.

Cadê o jogo?

Cristiano Ronaldo foi logo apresentando seu cartão de visitas a dois minutos de partida, em cobrança de falta brilhantemente defendida por Willy Caballero. Aos poucos, os visitantes conseguiram superar o time da casa em La Rosaleda, embora não conseguissem criar chances claras para marcar. O que só foi acontecer aos 24, quando Ronaldo puxou contragolpe e apareceu na área para finalizar, mas acabou mandando longe da meta.

Sem Casillas, colocado no banco por Mourinho, o Real praticamente não passou trabalho para dominar a partida. O goleiro Antonio Adán, por exemplo, só foi fazer sua primeira defesa aos 29 minutos, em cabeceio de Demichelis. E o primeiro tempo terminou dessa forma.

45 minutos de futebol

Algo certamente aconteceu nos dois vestiários, pois o futebol melhorou muito em qualidade na volta do intervalo. A quatro minutos, o primeiro gol do jogo: Joaquín dominou bola na esquerda e rolou para Isco ajeitar e bater firme da entrada da área, sem chances para Adán. Na sequência, Portillo teve ótima chance para ampliar, mas acabou chutando em cima do arqueiro blanco.

Superado o nervosismo de sair atrás no marcador, o Real se reorganizou e passou a ter mais chances de marcar. Di Maria lançou Benzema, que não conseguiu o domínio na área e foi desarmado, antes de Cristiano Ronaldo exagerar na individualidade e desperdiçar um bom contragolpe.

O empate acabou vindo com justiça: depois de uma confusão na área, Benzema chutou em cima da defesa e Sánchez, ao tentar cortar, acabou mandando contra o próprio patrimônio. Mas a retomada do Málaga veio em seguida, com Santa Cruz mandando para as redes ao aproveitar o rebote de uma finalização de Joaquín. O paraguaio marcaria em seguida, em novo lance envolvendo o ponta direita, que abriu espaço na defesa e acionou o goleador na área, onde este virou e bateu cruzado.

Na base da pressão, Ozil serviu Benzema com um lindo cruzamento e o francês diminuiu. No entanto, os anfitriões passaram a gastar o tempo no ataque e conseguiram manter o 3 a 2 até o apito final.

Relacionados