thumbnail Olá,
Ao Vivo

Barclays Premier League

  • 19 de janeiro de 2013
  • • 13:00
  • • Anfield, Liverpool
  • Árbitro: M. Oliver
  • • Público total: 44901
5
TF
0

Liverpool 5x0 Norwich: Reds atropelam os Canários em Anfield

Liverpool 5x0 Norwich: Reds atropelam os Canários em Anfield

Getty

Sem nenhuma dificuldade e com Suarez e Sturridge brilhando, Liverpool aplica segunda goleada de cinco gols sobre o Norwich na temporada

Se todo fim de semana fosse jogo contra o Norwich, a torcida do Liverpool passaria a vida inteira sorrindo à toa. É goleada, atrás de goleada, atrás de goleada. Nesse sábado não foi diferente. Em uma tarde gelada em Anfield Road, o Liverpool goleou os Canários por 5 a 0. Os gols foram marcados por Jordan Henderson, Luis Suárez, Daniel Sturridge, Steven Gerrard e Ryan Bennett, contra.

Desde o primeiro minuto era possível perceber que o jogo só teria um dono. O Norwich ainda ameaçou alguns contra-ataques tímidos nos primeiros vinte minutos, mas nada que chegasse a colocar o goleiro Brad Jones, substituindo Pepe Reina, lesionado, para trabalhar. O goleiro nada mais fez do que assistir de dentro do gramado ao desfile vermelho.

Em um jogo de muitas gols e amplo domínio, o destaque foi a parceria formada por Sturridge e Suarez no ataque. Depois de brilhar sozinho e isolado, muitas vezes carregando o time nas costas, Suarez deve estar aliviado por finalmente olhar para o lado e encontrar um companheiro. Os dois criaram jogadas de perigo e tabelinhas desde o princípio da partida, provando que não será necessário esperar muito tempo para engatar o entrosamento.

Logo aos 13 minutos, Suarez deu uma palhinha do que a defesa do Norwich iria enfrentar no restante do jogo. Agger deu um bicão para frente para se livrar da bola e o uruguaio correu para salvar o que seria o tiro-de-meta para o golero Bunn. Quase sem espaço, o endiabrado sulamericano deu um drible humilhante no marcador, tocou para Glen Johnson, recebeu de volta, se livrou de mais um zagueiro e bateu, obrigando Bunn a cair para fazer uma defesa difícil.

Aos 26, os Reds abriram a torneira. Suarez, de novo, brigou com metade da defesa canária e a bola acabou sobrando para Henderson, que bateu de primeira, no ângulo. Golaço!

O segundo veio 10 minutos mais tarde. O gol foi de Suarez, mas o toque de genialidade ficou por conta de Sturridge. O ex-atacante do Chelsea fez um corta-luz sensacional para a passagem do uruguaio, que pegou a bola na frente, avançou e tocou com a habitual categoria no cantinho do goleiro. O uruguaio chegou ao seu 16º gol no campeonato, um a menos que o artilheiro, Van Persie. Suarez tornou-se também o primeiro jogador desde Fernando Torres a alcançar a marca de 20 gols por todas as competições em uma temporada no Liverpool.

A vantagem pareceu pouca para o volume de jogo do Liverpool no primeiro tempo, mas logo o placar ficou mais justo. Especialmente porque Sturridge estava merecendo deixar o seu também. E isso aconteceu aos 14 minutos da etapa final. Henderson levantou para Downing, que cruzou de primeira para o meio da pequena área e ele só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

Aos 21, Gerrard, em mais uma grande atuação, enfiou a bota na redonda do meio da rua e marcou um belo gol. A bola morreu no cantinho de Bunn, sem chances de defesa. Fazia tempo que o capitão não marcava um dos seus típicos gols de longa distância!

O quatro a zero no placar já deixava a torcida, que resistia bravamente ao frio cortante, em êxtase. Mas Ryan Bennett fez questão de melhorar ainda mais o ânimo dos donos da casa. Aos 29, o zagueiro meteu contra a própria meta uma bola cruzada por Sterling, e selou o placar de 5 a 0.

Se tivesse pressionado mais, o Liverpool até poderia ter chegado a uma goleada ainda maior. Mas limitou-se a administrar o placar, colocando os canários na roda, sem chances para reações. No primeiro turno, o Liverpool já havia goleado, fora de casa, por 5 a 2. Ahh, se toda semana tivesse um jogo contra o Norwich...

Relacionados