thumbnail Olá,
Ao Vivo

Serie A TIM

  • 6 de janeiro de 2013
  • • 12:00
  • • Juventus Stadium, Torino
  • Árbitro: P. Valeri
  • • Público total: 38000
1
TF
2

Juventus 1 x 2 Sampdoria: Mesmo com um a mais, Velha Senhora leva virada inacreditável

Juventus 1 x 2 Sampdoria: Mesmo com um a mais, Velha Senhora leva virada inacreditável

Getty Images

Ameaçada de rebaixamento, Samp mostra raça e vira jogo no segundo tempo dentro da Arena Juventus

O ano de 2013 não começou bem à Juventus. Neste domingo, a Velha Senhora perdeu para a Sampdoria por 2 a 1 pelo Campeonato Italiano. Os gols da partida foram marcados por Giovinco (J) e Icardi (S), duas vezes.

O resultado deixa a equipe de Turim ainda na liderança com 44 pontos, mas a diferença à Lazio, vice-líder, cai para cinco pontos. Já a Samp chega a 20 e se afasta da zona de rebaixamento.

 
JUVE DOMINA E SAI NA FRENTE


Para continuar com uma boa vantagem na liderança do Calcio, a Juventus teria que vencer a Sampdoria.
A partida começou e a Juve logo mostrou quem manda em casa, através de boas chegadas pelas laterais e com Giovinco inspirado.

Enquanto a Samp tentava a sorte nos contraataques, porém não aproveitou as raras oportunidades. O melhor em campo dos visitantes foi Romero que salvou o time em momentos cruciais como aos 21 minutos em que fez uma bela defesa após ter ficado cara a cara com Giovinco.

Entretanto, dois minutos depois, em uma bela troca de passes de primeira do escrete juventino, Marchisio entrou na área driblou três jogadores de uma vez, mas foi derrubado por Berardi, motivo pelo qual o árbitro Paolo Valeri marcou pênalti. Giovinco mandou no canto direito, Romero quase pegou, mas a bola morreu no fundo das redes, 1 a 0 Juve na marca de 24.

Melhor homem em campo, Giovinco continuou "aterrorizando" a zaga visitante. Aos 29 minutos, recebeu belo passe de Pirlo e cruzou para Pogba que quase marcou de cabeça o segundo.

Pra piorar, aos 32, Berardi que já tinha cartão amarelo por ter cometido pênalti, fez falta dura e foi expulso pelo árbitro. Com um a mais, a Velha Senhora ampliou mais ainda o domínio do jogo, porém ficou só no placar magro na primeira etapa.


DE ONDE MENOS SE ESPERAVA...

Alguém imaginaria que a líder absoluta do Calcio com 1 a 0 no placar e um atleta a mais poderia perder de virada para um time que está lutando pra não cair? Não, né?! Pois é, o futebol é uma caixinha de surpresas.

O segundo tempo foi totalmente diferente da etapa inicial. Mas no começo, a Juve até começou bem, entretanto em um lance de contraataque, os visitantes surpreenderam e Buffon também surpreendeu a todos os juventinos de forma negativa. Aos nove minutos, Icardi recebeu lançamento e mandou ver para o gol. A bola era defensável, mas o goleiro italiano considerado o melhor arqueiro do século pelo IFFHS falhou na defesa e levou o empate.

O gol causou um efeito positivo na Sampdoria que começou a acreditar em uma virada dentro da Arena Juventus. Aos donos da casa, o tento não foi bem digerido.


JUVENTUS SE PERDE E ICARDI VIRA HERÓI


Nem parecia que a Samp estava com um a menos, pois chegava com facilidade em contraataque. Em jogadas "mano-a-mano" o segundo gol era visto como uma questão de minutos.

Aos 17 do segundo tempo, o brasileiro Éder mostrou o seu talento em grande jogada após passar por quase toda a zaga da Velha Senhora, mas ao chutar Buffon segurou.

Enquanto a Juventus se mostrava perdida em campo sem saber o que fazer. A melhor jogada foi de Pogba que não ofereceu perigo ao finalizar fraco pra fora, aos 19.

Como diz o outro: tudo que está ruim pode piorar. E foi isso o que aconteceu com a líder do campeonato. Em mais um contragolpe, a Samp foi letal com Icardi. O atacante entrou na linha de fundo pela direita e encheu o pé sem chances a Buffon, virada histórica do time de Gênova.

A equipe de Antonio Conte parecia não acreditar no que acontecia, tentou reagir com Vucinic, mas não era o dia do centroavante. Aos 28 minutos, ao ficar sozinho na pequena área, ele mandou uma pancada no travessão, já três minutos depois não conseguiu completar cruzamento no pé da trave.

Apesar dos cinco minutos de acréscimos, Pirlo e companhia não conseguiu reverter a situação e a Sampdoria levou três pontos heroicos de Turim.


Relacionados