thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 25 de setembro de 2011
  • • 16:05
  • • Beira-Rio, Porto Alegre, Rio Grande do Sul
  • Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez
  • • Público total: 16198
2
TF
1

Inter reencontra a vitória no Beira-Rio

Inter reencontra a vitória no Beira-Rio

Bolatti, volante do Internacional (Crédito: Lucas Uebel/VIPCOMM)

Apesar das reclamações atleticanas contra a arbitragem, o Inter conseguiu uma importante vitória dentro de casa

O Internacional derrotou o Atlético-MG por 2 a 1 no Beira-Rio. Na tarde deste domingo, a equipe comandada por Dorival Júnior venceu dentro de casa, apesar da ausência do centroavante Leandro Damião. O Inter alcançou o gol da vitória em um lance que gerou muita reclamação do Galo.

As duas equipes vieram a campo desfalcadas e com um sistema tático similar, o 4-5-1. Enquanto o Galo tinha três volantes e dois homens de chegada, apoiando Magno Alves, o Inter manteve o seu 4-2-3-1, com Andrezinho, Oscar e D’Alessandro abastecendo o centroavante. Dorival não contou com Elton e Damião, lesionados além do zagueiro Juan. Deste modo, Bolatti, Jô e Índio tiveram oportunidades. O Galo também veio desfalcado, Como surpresa o goleiro Renan foi liberado por questões familiares, dando lugar para Giovanni.

O jogo começou com as duas equipes tendo oportunidade. Bernard, pela esquerda, ameaçou a defesa colorada, porém sem muita eficácia. Daniel Carvalho também apareceu bastante no ataque, utilizando os chutes de fora da área. Entretanto foi o Inter que chegou com mais força.

D’Alessandro ameaçou bastante pela direita de ataque e participou do gol marcado por outro argentino. Bolatti tabelou com o meia colorado, passou pela marcação e chutou cruzado para abrir o placar, aos 26 minutos. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar no gol.

Após o gol, o Inter cresceu no jogo, ameaçando a meta de Giovanni. Porém não conseguiu ampliar o marcador.

Na etapa final, o Galo mudou, acrescentando um homem de criação no meio-campo. A iniciativa de Cuca não funcionou, já que o Inter voltou melhor no segundo tempo. Antes dos 20 minutos, o centroavante Jô perdeu duas oportunidades de ampliar o marcador.

Com 24 minutos, o Galo reagiu. Renan Oliveira concluiu o bom cruzamento do lateral Carlos César, entre os zagueiros colorados. Muriel não teve chance no lance. Seis minutos depois, o Inter retomou a liderança no placar, em uma jogada polêmica.

Aos 30, bola foi levantada para a área, e, após um desvio de Léo Silva, Fabrício, que recém tinha entrado no jogo, finalizou, na segunda trave, para marcar o seu gol. Após o lance, os jogadores do Atlético reclamaram muito, e Réver foi expulso.

Com um jogador a mais, o Inter dominava o confronto, porém a vantagem numérica não durou até o final da partida. Aos 43, Moledo fez uma falta dura em D. Carvalho e recebeu o vermelho. No minutos finais, o Inter segurou o placar, garantindo os três pontos.

Com a vitória, o Inter sobe um pouco na tabela de classificação, enquanto o Galo permanece na zona de rebaixamento.

Relacionados