thumbnail Olá,
Ao Vivo

Amistoso

  • 12 de novembro de 2011
  • • 15:15
  • • Wembley Stadium, London
  • Árbitro: F. De Bleeckere
  • • Público total: 87189
1
TF
0

Inglaterra arma retranca e bate a Espanha por 1 a 0

Inglaterra arma retranca e bate a Espanha por 1 a 0

Getty Images

Lampard fez o gol da vitória em um dos poucos lances ofensivos dos donos da casa

Com uma atuação defensiva quase perfeita, a Inglaterra bateu a Espanha por 1 a 0, em Wembley, em amistoso na tarde deste sábado. Em uma das poucas chegadas do English Team, Lampard marcou o gol da vitória em uma jogada aérea.

A Inglaterra entrou em campo no 4-1-4-1. Parker era o homem de proteção à defesa. Na linha de apoiadores, Walcott na direita, Jones e Lampard centralizados e Milner do lado esquerdo. Na frente, Darren Bent. Já a Espanha adotou o 4-2-3-1. Busquets e Alonso eram os volantes. Entre os meias, Iniesta na direita, Xavi centralizado e Villa do lado esquerdo. Como falso nove, David Silva.

Desde o apito inicial, a Espanha mostrou que executaria sua filosofia de jogo, trocando passes no campo ofensivo e pressionando a saída de bola da Inglaterra. Também desde o início, a Fúria tinha dificuldades com  uma marcação precisa da linha defensiva inglesa, que impedia que as longas trocas de passes se transformassem em oportunidades claras de gol.

Quando retomavam a bola, os donos da casa tinham dificuldades para passar pela marcação adiantada da Espanha, mas encontravam espaços vastos nos momentos em que conseguiam trocar passes suficientes para ultrapassar a pressão espanhola. Nesses momentos, a Inglaterra tentava imprimir velocidade nas jogadas, mas errava demais na hora de definir, equivocando-se no passe final.

Nos minutos finais da primeira etapa, a Espanha intensificou a pressão e conseguiu criar algumas chances. O time de Vicente del Bosque acelerou um pouco mais o ritmo de suas trocas de passes e, assim, conseguiram desestabilizar a marcação em alguns momentos. Nada, porém, que fosse suficiente para abrir o marcador.

Quem acabou saindo na frente foi a Inglaterra, logo no início da segunda etapa. Aos 4 minutos de jogo, Milner levantou a bola do lado esquerdo e Bent desviou de cabeça na trave. No rebote, Lampard cabeceou já em cima da linha para confirmar o gol.

Incapaz de passar pela última linha de marcadores da Inglaterra, a Espanha passou a tentar jogadas mais verticais, principalmente após a entrada de Fernando Torres em campo. A marcação inglesa, porém, manteve-se sólida e bem posicionada. A Fúria até conseguiu pressionar, especialmente nos minutos finais, mas não conseguiu furar um bloqueio defensivo perfeito dos anfitriões.X

Relacionados