thumbnail Olá,
Ao Vivo

Jogos Olímpicos

  • 4 de agosto de 2012
  • • 15:30
  • • Millennium Stadium, Cardiff (Caerdydd)
  • Árbitro: W. Roldán
  • • Público total: 70171
1
PEN
1

Korea Republic U23 venceu por 5 - 4 nos pênaltis

Grã Bretanha 1 (4) x (5) 1 Coréia do Sul: Anfitriões são eliminados nos pênaltis e frustram torcida britânica

Grã Bretanha 1 (4) x (5) 1 Coréia do Sul: Anfitriões são eliminados nos pênaltis e frustram torcida britânica

Getty Images

Daniel Sturridge perdeu o pênalti decisivo para os donos da casa, que também desperdiçaram cobrança no tempo normal

Definitivamente, não era o dia da seleção britânica na marca de cal. Em Cardiff, os anfitriões dos Jogos Olímpicos de 2012 empataram no tempo normal com a Coréia do Sul em 1 a 1, mas acabaram sendo derrotados nas disputas por pênaltis em 5 a 4 e estão fora da disputa por medalhas no torneio. Ji anotou para os visitantes, e Ramsey empatou a partida no tempo normal.

No Old Trafford, em Manchester, os asiáticos brigarão com o Brasil na terça-feira, tentando fazer história no esporte e chegar à luta pela medalha de ouro no sábado seguinte.

A verdade é que os coreanos foram melhores já no início da partida, encontrando um adversário nervoso e que proporcionava espaços para o ataque. Depois de duas boas chances para abrir o placar, coube a Ji abrir os trabalhos no Millenium Stadium. Ki achou o atacante desmarcado na entrada da área, que acertou um belo chute e achou o ângulo de Butland.

Os ingleses acordaram e, dois minutos depois, tiveram um pênalti marcado a seu favor, quando Bertrand chutou e a bola bateu no braço do defensor Jae-Suk dentro da área. Depois de muitas reclamações, Ramsey se encaminhou para a cobrança e guardou. Alguns minutos mais tarde, Wilmar Roldán voltou a marcar uma penalidade para os britânicos, quando Sturridge foi derrubado na área por Sung-Yeung. Desta vez, porém, o meia do Arsenal teve o chute defendido pelo goleiro Sung, que acertou o canto da cobrança.

Na segunda etapa, a Grã-Bretanha melhorou e criou as melhores chances, com Cleverley e Sturridge, duas vezes. Na reta final, o mesmo Ji, que abriu o marcador, perdeu uma grande chance de evitar a prorrogação. O tempo extra viu as duas equipes criarem, mas falharem na hora da finalização. Com o passar do tempo, se sabia que a cobrança alternada era inevitável.

As duas equipes converteram as quatro primeiras cobranças cada, até a hora em que Sturridge se encaminhou para bater o quinto. O atacante do Chelsea parou no goleiro reserva Bum-Young e Ki levou os sul-coreanos à loucura ao bater o quinto e selar a classificação sul-coreana.

Relacionados