thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 30 de setembro de 2012
  • • 18:30
  • • Olímpico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul
  • Árbitro: Nielson Nogueira Dias
  • • Público total: 38212
1
TF
1

Grêmio 1 x 1 Santos: em bom jogo no Olímpico, Tricolor e Peixe desperiçam chances de vitória

Grêmio 1 x 1 Santos: em bom jogo no Olímpico, Tricolor e Peixe desperiçam chances de vitória

Lucas Uebel - Gremio

Neymar fez primeiro tempo apagado e ainda foi expulso, após pisar no ex-companheiro Pará

A partida entre Grêmio e Santos foi recheada de eventos inacreditáveis e algumas reviravoltas. Os donos da casa venciam, mas quando Neymar foi expulso, sofreu o empate. O meia Bernardo quase virou, nos acréscimos, em bola parada.

Com o empate, o Grêmio permanece na terceira posição, com 50 pontos. O Santos fica na 15ª colocação, com 33 pontos. Na próxima rodada: Grêmio x Cruzeiro e Santos x Internacional.

Bola na trave e gol de Werley

O primeiro tempo foi de muita correria e bastante disputa de bola. Porém, o Grêmio é quem ditava o ritmo do jogo e criava as melhores chances. O Santos tinha muito dificuldade em criar e ficava dependente das jogadas de Neymar.

Logo aos 18 minutos, Anderson Pico apareceu pela esquerda e cruzou na medida para Marcelo Moreno, que cabeceou e carimbou o travessão santista. No minuto seguinte, Elano cruzou na área e Gilberto Silva cabeceou para o chão, mas Rafael conseguiu a defesa. As jogadas todas eram do time mandante, enquanto o Santos só assustou em chute de Neymar, mas que Grohe defendeu.

A partida ficou disputada e algumas entradas mais fortes aconteceram. Porém, aos 34 minutos, o zero saiu do placar. Zé Roberto bateu falta e a bola foi parar no meio da área, Werley subiu mais que todos e cabeceou para trás. A bola foi morrer no fundo do gol e o Grêmio saiu na frente. O Santos tentou partir para cima e conseguiu diminuir a pressão, porém terminou o primeiro tempo perdendo.

Expulsão de Neymar e gol de empate

Muricy Ramalho decidiu mexer no Santos e colocou Bernardo no lugar de Pato Rodriguez. E a etapa final começou com maior equilibrio, porém logo aos oito minutos, a situação do time paulista se complicou. Neymar dividiu com Pará, pisou no ex-colega e foi expulso direto.

Todos esperavam que o Grêmio fosse deslanchar, porém cinco minutos depois da expulsão, Felipe Anderson bateu escanteio na área, Durval cabeceou para área e Bruno Rodrigo chutou no gol. O Grêmio se desesperou e partiu para cima.

Leandro, que entrou no segundo tempo, e Kleber perderam duas boas chances. Mas, mesmo com um a menos, o Santos conseguiu equilibrar e criava algumas jogadas. Aos 33 minutos, André Lima recebeu na área, ganhou da marcação e fez o gol, mas o árbitro marcou mão do jogador e anulou.

Nos acréscimos, quase aconteceu o inacreditável, quando o Grêmio errou ataque e Felipe Anderson puxou contra-ataque e ficou na cara do gol, mas Léo Gago puxou o meia e foi expulso. Na cobrança de perto da área, Bernardo acertou o travessão. E o jogo ficou no 1 a 1.

 




Relacionados