thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 2 de dezembro de 2012
  • • 17:00
  • • Olímpico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul
  • Árbitro: Heber Roberto Lopes
  • • Público total: 43104
0
TF
0

Grêmio 0 x 0 Internacional: Na despedida do Olímpico, Imortal fica no empate e disputa Pré-Libertadores 2013

Grêmio 0 x 0 Internacional: Na despedida do Olímpico, Imortal fica no empate e disputa Pré-Libertadores 2013

Lucas Uebel/gremio.net

Jogo foi marcado por lances duros, expulsões, confusões e poucas chances de gol

Neste domingo, Grêmio e Internacional empataram por 0 a 0 na despedida do estádio Olímpico pela última rodada do Brasileirão.

Com este resultado, além da vitória do Atlético-MG sobre o Cruzeiro, o Tricolor Gaúcho terminou a competição em terceiro lugar com 71 pontos e disputará a fase Pré-Libertadores do ano que vem. Já o grande rival encerrou sua participação em décimo com 52 e ficou com vaga na Copa Sul-Americana.

O ADEUS


O Gre-Nal deste domingo foi especial, pois era o último jogo realizado no Olímpico. A torcida gremista fez uma bela festa de despedida no estádio de 58 anos de fundação e, antes do jogo, ídolos da equipe foram homenageados.

Os ex-jogadores receberam uma medalha da diretoria do Grêmio e logo depois sentaram no círculo central do gramado. Paulo Nunes, Carlos Miguel, Dinho, Tcheco, André Catimba, Tarciso, Renato Sá, Tadeu Ricci, Sérgio Lopes, Ancheta, Baideck, Luís Carlos Goiano, Paulo Roberto, Zé Alcino, Mazaropi, Danrlei e o mais aplaudido de todos, Jardel participaram da festa. Renato Gaúcho foi convidado pela diretoria, mas não compareceu.

Feitas as homenagens, só restava esperar a bola rolar.

PRIMEIRO TEMPO DE EQUILIBRIO

De um lado, o Grêmio que precisava vencer para garantir o vice-campeonato e vaga direta na Libertadores. Do outro, o Inter que vivia um péssimo momento, sem técnico, fora da briga pela Libertadores e em crise, o que restava ao Colorado era estragar a festa rival.

Falando da partida, os dois times fizeram um primeiro tempo equilibrado. O início foi truncado, mas aos poucos as equipes tentaram algumas chances.

Aos 12 minutos, a primeira chegada perigosa dos donos da casa. Zé Roberto cruzou para Elano, mas a zaga tirou. Já ao Colorado, a melhor chance foi de Leandro Damião, aos 42, em que recebeu cruzamento de Fred e cabeceou pra fora. Na disputa com Naldo, o atacante saiu com a cabeça sangrando, mas logo voltou com uma touca de natação.

Com poucas chances de gol e disputa acirrada, a primeira etapa terminou em 0 a 0.

INTER FICA COM DOIS A MENOS

Em apenas dez minutos, o Colorado teve dois expulsos. Primeiro, aos três do segundo tempo, o goleiro Muriel saiu da área e colocou a mão na bola para evitar lançamento à Elano. Depois aos 13, Leandro Damião usou o braço e atingiu adversário e também recebeu o vermelho.

A tensão aumentou na etapa final. O técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo também foi expulso por invadir campo e tentar tirar Anderson Pico de confusão. O treinador reclamou com a arbitragem, mas de nada adiantou.

Com dois a mais, a partida ficou à caráter aos gremistas, já que o Inter recuou para não ficar mais exposto do que estava devido à desvantagem numérica.

A pressão se resumiu a mais posse de bola e algumas chances perdidas. Aos 33 minutos, André Lima recebe cruzamento de Pará e mandou uma pancada por cima do gol. Não demorou muito para Renan também salvar o Colorado após chute firme de Zé Roberto.

Apesar disso, os visitantes conseguiram segurar o ímpeto Tricolor com um bom sistema defensivo e parou diversas vezes a partida. Houve apenas um contra-ataque em que D'Alessandro cruzou para Cassiano cabecear, mas Pará evitou o perigo.

CONFUSÃO NOS MINUTOS FINAIS

O clássico se encaminhava para o fim, entretanto uma grande confusão se iniciou. Saimon, do Grêmio, e o técnico do Inter, Marcelo Loss, trocaram tapas e empurrões. A partir daí jogadores dos dois times se desentenderam.

Os protagonistas do tumulto foram expulsos pelo árbitro Héber Roberto Lopes. Mas, quando parecia que acabaria a confusão, uma bomba foi jogada da arquibancada em direção ao banco do Inter e atingiu o preparador físico, Flávio Soares, da equipe vermelha que caiu no chão. Uma ambulância chegou para socorre-lo, mas Soares se recuperou.

Após tudo isso, o árbitro reiniciou a partida, mas logo depois acabou para protestos dos gremistas por não ter nenhum minuto de acréscimo.

O Gre-Nal terminou em 0 a 0 e o Olímpico fechou suas portas. O empate deixou os gremistas em terceiro lugar, ou seja, na fase de Pré-Libertadores do ano que vem.

Relacionados