thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 5 de setembro de 2012
  • • 19:30
  • • Estádio General Sílvio Raulino de Oliveira, Volta Redonda, Rio de Janeiro
  • Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha
  • • Público total: 4087
0
TF
1

Flamengo 0 x 1 Ponte Preta: Cariocas não conseguem reagir e seguem com retrospecto ruim no Brasileiro

Flamengo 0 x 1 Ponte Preta: Cariocas não conseguem reagir e seguem com retrospecto ruim no Brasileiro

Alexandre Loureiro/VIPCOMM

Gol de Uendel foi um dos poucos momentos de inspiração na partida

As últimas semanas não foram boas para o Flamengo. Jogando em Volta Redonda, o Rubro-negro foi derrotado por 1 a 0 pela Ponte Preta, gol de Uendel, e chegou a seu quarto jogo seguido sem vitória. O técnico Dorival Junior foi expulso de campo no segundo tempo.

A Ponte chega a 30 pontos e é nona colocada no momento, enquanto o Fla já é 13º, com os mesmos 27 pontos. As duas equipes atuam no sábado: a Ponte recebe o Figueirense às 18h30m, e o Fla vai ao Paraná enfrentar o Coxa, no mesmo horário.

Macaca sai na frente e complica os cariocas

Após um breve equilíbrio inicial, o Flamengo conseguiu pressionar mais e tomou conta das ações, embora não soubesse aproveitar esta vantagem. A Ponte conseguiu reagir após os dez primeiros minutos e também conseguiram chegar à frente, abrindo o marcador. Em bola rapidamente reposta por Edson Bastos, Luan recebeu pela esquerda de ataque e rolou com Uendel, que invadiu a área pela faixa central e tocou na saída de Felipe: 1 a 0.

O Fla tentou esboçar uma reação logo em seguida: Love chutou de canhota da entrada da área e forçou Edson Bastos a fazer boa defesa, antes de Bottinelli receber bom passe de Luiz Antônio dentro da área e chutar muito alto. Depois disso, no entanto, os rubro-negros seguiram com enormes dificuldades para criar, muito em função dos erros de passe na frente.

No final do primeiro tempo, a Ponte teve motivos para reclamar: Uendel recebeu dentro da área em alta velocidade e foi derrubado por Welinton, mas o árbitro acabou não marcando nada.

Pressão e...

A desvantagem fez com que Dorival Junior lançasse Negueba no lugar de Amaral, abrindo o time e partindo com tudo para tentar a vitória em casa. Foi o que aconteceu: o Fla colocou a Macaca contra seu próprio campo e volume de jogo ainda maior que na primeira etapa, mas ainda era insuficiente na hora de definir. Já a Ponte colocou seus jogadores no próprio campo e se defendia como conseguia, tentando definir o jogo nos raros contragolpes que conseguia.

O tempo foi passando, e o Fla, ficando cada vez mais impaciente. Por volta dos 30 minutos, Dorival acabou expulso por exagerar na reclamação, o que certamente não ajudou os cariocas na reta final. O panorama seguiu o mesmo: rubro-negros jogando a bola na área, a defesa da Ponte afastando e puxando bons contra-ataques. No final, Roger ainda perdeu grande chance em boa jogada de Nikão, por pouco não aumentando os problemas dos anfitriões.

Relacionados