thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 13 de outubro de 2012
  • • 18:30
  • • Engenhão, Rio de Janeiro
  • Árbitro: Anderson Daronco
  • • Público total: 20833
1
TF
1

Flamengo 1 x 1 Cruzeiro: Em jogo movimentado, equipes lutam, mas amargam empate

Flamengo 1 x 1 Cruzeiro: Em jogo movimentado, equipes lutam, mas amargam empate

Bernardo Monteiro/VIPCOMM

Liédson marcou para o Flamengo e Everton para o Cruzeiro. As duas equipes seguem em situação indefinida no campeonato

Flamengo e Cruzeiro se enfrentaram neste sábado, no Engenhão, pela 30ª rodada do Brasileirão. Se o objetivo do Flamengo era espantar de vez o fantasma do rebaixamento, o do Cruzeiro era lutar pela remota possibilidade de alcançar uma vaga na Libertadores. Ambas as equipes não conseguiram alcançar seus objetivos e saíram com um amargo empate, principalmente para o Flamengo, que teve um gol mal anulado durante a segunda etapa.

Até o fim do jogo, muita emoção. As duas equipes buscaram o tempo todo o gol da vitória, já que o empate era um péssimo resultado para suas atuais pretensões no campeonato. Não alcançaram seus objetivos e agora terão que buscar resultados melhores nas próximas nove rodadas. Em 15º colocado, o próximo desafio do Flamengo será contra a Portuguesa, no Canindé, na quarta-feira às 22h. Já o Cruzeiro, na 11ª colocação, recebe o Corinthians, no Melão, também na quarta às 22h.

A mil por hora

O jogo começou em ritmo alucinante. O Flamengo pressionava o Cruzeiro, e chegava a 61% de posse de bola. O time celeste apostava no contra-ataque, principalmente com a dupla Montillo e Ceará pelo lado direito. O primeiro gol saiu aos 11 minutos. E foi dos donos da casa. Ramon cruzou para Vágner Love, que escorou de cabeça para Liédson marcar.

Como que motivado pelo momentâneo revés, o Cruzeiro tomou conta do jogo, e, durante várias vezes, colocou seus jogadores cara a cara com o goleiro Felipe. E da insistência, veio o gol de empate. Aos 19 minutos, Martinuccio puxou um contra-ataque e cruzou na área, na cabeça de Everton. O lateral mandou a bola no canto esquerdo de Felipe.

Com o gol, o Cruzeiro foi ainda mais para o ataque. Se às vezes errava nas finalizações, outras vezes contava com a noite inspirada do goleiro do Flamengo, que, em um lance, salvou duas vezes o gol após conclusões de Anselmo Ramon.

Muita emoção e polêmicas

Com Adryan em campo - Léo Moura saiu lesionado no final do primeiro tempo - o Flamengo ganhou mais velocidade pelo lado esquerdo de ataque. Em uma jogada do jovem meia, Ramon apareceu para soltar um bomba que passou por cima do gol do cruzeiro. O Cruzeiro também ameaçou várias vezes o gol do Flamengo. Em um lance, Montillo chutou colocado para linda defesa de Felipe.

Aos 20 minutos da segunda etapa, a primeira polêmica da partida. Após jogada de ataque do Flamengo, Ceará recuou a bola, de calcanhar, para o goleiro Fábio. O árbitro nada marcou. O time e a torcida ficaram na bronca com a arbitragem. Bronca essa, que iria aumentar após a invalidação do gol que seria o da vitória para o Flamengo. Aos 39 minutos, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Liédson que, em posição legal, tocou para o fundo do gol. A torcida e o time já comemorava quando o árbitro Daronco invalidou o lance. Empate amargo para duas equipes que fizeram um ano pra esquecer e esperam, ansiosamente, pelo fim da temporada.

 

Relacionados