thumbnail Olá,
Ao Vivo

Barclays Premier League

  • 30 de dezembro de 2012
  • • 11:30
  • • Goodison Park, Liverpool
  • Árbitro: H. Webb
  • • Público total: 39485
1
TF
2

Everton 1 x 2 Chelsea: Lampard comanda virada do Chelsea na última rodada de 2012

Everton 1 x 2 Chelsea: Lampard comanda virada do Chelsea na última rodada de 2012

Michael Regan

Lampard marca os dois gol do Chelsea na virada sobre o Everton de 2 a 1, fora de casa, e Blues fecham o ano na 3ª posição da Premier League

No último jogo do Chelsea no ano, Lampard liderou o time na virada de 2 a 1 sobre o Everton, em Liverpool. O camisa 8 foi decisivo na partida que levou os Blues de volta à 3 colocação da Premier League, marcando os dois gols do time londrino, enquanto Pienaar abriu o placar a favor dos donos da casa. O Chelsea chegou aos 38 pontos, 4 a menos  que o vice-líder Manchester City. O Everton perdeu a primeira dentro de casa e ocupa a 6ª posição.

Gol relâmpago do Everton

Antes do apito inicial, o que era para ser um minuto de silêncio dedicado à indiana morta após sofrer um estupro coletivo em Nova Deli, tornou-se um minuto de aplausos em bonita homenagem à jovem. Partida iniciada, o Everton veio com tudo para cima do Chelsea e, no primeiro lance do jogo, com menos de 2 minutos, Jagielka cruzou e Anichebe cabeceou na trave. A bola voltou em Pienaar que chutou para abrir o placar.

O Everton poderia ter ampliado logo aos 8 minutos, quando Cahill cometeu falta na entrada da área, Jelavic foi para a cobrança e carimbou a trave esquerda do gol de Peter Cech. O Chelsea teve sua primeira chance clara aos 22 minutos, após deixadinha de Lampard para Ramires na entrada da área, mas o brasileiro isolou a bola.

Com 26 minutos, os Toffees voltaram a levar perigo ao gol do time londrino. Jagielka cruzou e a bola sobrou para Osman finalizar e Cech espalmar. Dois minutos depois, foi vez de Howard trabalhar, quando Ramires invadiu a área, mas o camisa 7 foi travado na hora do chute. A bola sobrou para Mata que finalizou para o goleiro do Everton fazer a defesa em dois tempos.

O jogo ficou muito disputado na metade final da primeira etapa, com boas oportunidades de gol para ambos os times. Aos 33 minutos, Mata tabelou com Azpilicueta que cruzou rasteito. A bola passou por Hazard e Cole, mas saiu direto pela linha de fundo. Era um lance lá e outro cá. Aos 36, Jelavic recebeu passe na entrada da área, invadiu e chutou cruzado para Cech espalmar para o escanteio. Na cobrança, o goleiro dos Blues subiu para dar um soco na bola.

Mas foi no minuto 42 quando o Chelsea conseguiu chegar ao merecido gol de empate. Torres tabelou com Ramires que cruzou na medida para Lampard cabecear e deixar tudo igual em Liverpool. Os Toffees ainda tentaram marcar o segundo aos 45, mas após cobrança de escanteio, Heitinga pegou a sobra de longe e mandou a bola por cima do travessão.

Lampard vira para os Blues

O segundo tempo começou igualmente disputado entre as duas equipes. Aos 54 minutos, lindo passe de David Luiz para Torres, mas o espanhol deixou a bola escapar e Howard fez a defesa. Aos 61, após boa jogada de Pienaar, Jagielka tentou o cruzamento, mas foi travado na hora do chute por Ramires.

Com 67 minutos, mais uma ótima defesa de Howard, quando Torres soltou uma bomba de fora da área e o goleiro dos Toffees fez linda defesa. Aos 69 minutos, foi Turnbull, que substituiu Cech no intervalo, salvar o seu time, no chute colocado de Osman. Mas um minuto depois, após ótima jogada de Baines, ele cruzou para Jelavic mandar no travessão, dessa vez sem chances para o goleiro reserva, que ficou só olhando.

Até que aos 72 minutos, o maior artilheiro do Chelsea na Premier League resolveu novamente. Mata levantou para Hazard escorar de cabeça e deixar o camisa 10 finalizar na marca do pênalti. O goleiro Howard fez a defesa e deu rebote que Lampard aproveitou para virar a partida para os Blues no Goodison Park.

Após o segundo do camisa 8, o time de Londres apertou a marcação. Ainda assim, já nos acréscimos, duas chances incríveis perdidas para cada lado. Primeiro com o Chelsea, em contra ataque de 3 contra 1, Oscar deixou Torres na cara do gol, mas o atacante acabou travado por Distin na hora da finalização. No minuto final, Jelavic recebeu lançamento dentro da pequena área, mas pegou mal na bola que ficou nas mãos de Turnbull, perdendo a chance do empate.

   
   

Relacionados