thumbnail Olá,
Ao Vivo

Amistoso

  • 30 de maio de 2012
  • • 21:07
  • • FedEx Field, Landover, Maryland
  • Árbitro: J. Solis
  • • Público total: 67619
1
TF
4

Brasil mostra eficiência e goleia os Estados Unidos por 4 a 1

Brasil mostra eficiência e goleia os Estados Unidos por 4 a 1

Rafael Ribeiro / CBF

Equipe olímpica mostrou grande personalidade em determinados momentos da partida

A Seleção olímpica está mostrando a sua força. Em Washington, o Brasil bateu os Estados Unidos por 4 a 1 e, o mais importante, voltou a mostrar bom futebol e uma base de equipe. Neymar, Thiago Silva, Marcelo e Pato marcaram para o time de Mano Menezes, Gomez descontou para os ianques.

Primeiro tempo quase perfeito

O time norte-americano pretendia fazer valer o fator casa, marcando em cima e diminuindo os espaços da Seleção. Mas com Neymar, Oscar e Hulk inspirados, a tarefa ficou difícil: alternando entre a posse de bola e os toques rápidos, o Brasil subia com naturalidade sobre o campo dos Estados Unidos. Em um ataque rápido, o lance do primeiro gol: Oscar acionou Damião, que carregou na entrada da área e chutou. A bola pegou na mão de Onyewu, e o árbitro marcou o pênalti. Reclamações à parte, Neymar se apresentou para a cobrança e abriu o placar.



Animado, o Brasil cresceu, e passou a devolver a pressão sobre os anfitriões. Damião perdeu boa chance em lançamento de Oscar, aos 17 minutos, e Bocanegra finalizou pela primeira vez para os Estados Unidos, após cobrança de falta. Mas a superioridade era do Brasil, que de tanto insistir chegou ao segundo gol. Aos 26 minutos, Neymar cobrou escanteio da esquerda e Thiago Silva, sem pular, chegou desviando na pequena área.

A vantagem levou o time de Mano Menezes a reduzir o ritmo, e quem diminuiu a diferença foram os americanos, mesmo sem conseguirem se impor no duelo: Bradley lançou Johnson às costas de Danilo, o ala cruzou e Gomez, chegando antes que Juan, completou para as redes.

Menos brilho, mais dois gols

No segundo tempo, o Brasil aumentou o ritmo mais uma vez, e chegou ao merecido terceiro gol. Em triangulação pela esquerda, Hulk abriu para Neymar, que cruzou para trás, onde chegava Marcelo, mesmo desequilibrado, acertar as redes.



Klinsmann lançou Dempsey, o melhor jogador dos Estados Unidos, nos primeiros minutos após o intervalo, e o nível dos americanos cresceu bastante. Em uma subida pela esquerda, o meia cruzou para Gomez cabecear no contrapé de Rafael, e a bola só não entrou pela grande intervenção de Rômulo. O Brasil respondeu com Pato, que chutou na trave após grande jogada entre Oscar e Neymar.

A partir da metade final dos 45 minutos, os Estados Unidos se impuseram, e passaram a testar Rafael, que salvou em finalizações de Gomez, Boyd e Bradley. O zagueiro Onyewu colocou uma bola no travessão, após cobrança de escanteio. E mesmo assim, o Brasil chegou ao quarto: Marcelo colocou para Pato, em posição duvidosa, matar no peito e fuzilar rasteiro.

Não perca, às 16h de domingo, a cobertura em tempo real de Goal.com para Brasil x México, o terceiro teste da Seleção.

Você pode acompanhar a Seleção Brasileira no @LIVESPORT.TV. Visite http://www.soccer.livesport.tv!
       

Relacionados