thumbnail Olá,
Ao Vivo

Amistoso

  • 6 de fevereiro de 2013
  • • 16:00
  • • Khalifa International Stadium, ad-Dōha (Doha)
  • Árbitro: F. Al Marri
  • • Público total: 48000
3
TF
1

Espanha 3x1 Uruguai: Pedro brilha e seleção campeã europeia vence a Celeste Olímpica

Espanha 3x1 Uruguai: Pedro brilha e seleção campeã europeia vence a Celeste Olímpica

festejo España vs Uruguay

Amistoso marcou o centésimo jogo de Puyol, que teve um gol anulado. Pedro marcou duas vezes e garantiu a vitória espanhola

Por Tauan Ambrosio

No jogo que reuniu os atuais campeões continentais da Europa e da América do Sul, melhor para os europeus. Em uma partida equilibrada, a Espanha teve mais chances de gols e venceu o Uruguai por 3 a 1. Os destaques foram Fábregas e Pedro, que garantiram a vitória espanhola.

Frango e equilíbrio

A Espanha começou o jogo fazendo o que mais sabe e dominou a posse de bola. Os uruguaios ficaram mais atrás e demonstraram, inicialmente, grande respeito ao time comandado por Vicente Del Bosque.

Os espanhóis não conseguiam se aproximar da meta sul-americana. Aos 16 minutos, Fábregas fez algo raro no time campeão do mundo: arriscou de longe. O chute foi na direção do goleiro Muslera, que vacilou feio e deixou a bola entrar. Frangaço.

Na base da raça, o Uruguai começou a partir para cima da Espanha. Aos 32’, Cristian Rodríguez recebeu passe açucarado de Cáceres e empatou o cotejo. A partir deste momento até o final do primeiro tempo, o jogo foi bastante equilibrado, apesar de a Espanha ter tido mais chances nos minutos finais.

Pedro brilha e garante a vitória da Fúria

O início da etapa derradeira foi muito semelhante aos 45 minutos iniciais. A Espanha jogava no campo de ataque e voltou a ficar na frente aos 51’, quando Pedro recebeu bola de Piqué e chutou cruzado para o gol. Os uruguaios voltaram a equilibrar as ações após o tento. Aos 56’ Victor Valdés foi obrigado a fazer uma belíssima defesa após chute de Cavani.

Aos 75’, quando o Uruguai mais ameaçava os espanhóis, Fábregas levantou a bola na área e Pedro completou de carrinho para o gol de Muslera. Os comandados de Óscar Tabárez mostraram empenho, mas não conseguiram reagir. Até o final do encontro, a Espanha tocou bem a bola e não levou grandes sustos.

Relacionados