thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 5 de agosto de 2012
  • • 18:30
  • • Estádio Raimundo Sampaio, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: Edivaldo Elias da Silva
  • • Público total: 15103
1
TF
2

Cruzeiro 1 x 2 Ponte Preta: equipe paulista surpreende, vence fora de casa e sobe na tabela

Cruzeiro 1 x 2 Ponte Preta: equipe paulista surpreende, vence fora de casa e sobe na tabela

Ramon Bitencourt/VIPCOMM

Em jogo bastante corrido e disputado, a Ponte conseguiu marcar um gol em cada tempo com Cicinho e Marcinho, que contou com falha de Fábio. Borges marcou o gol celeste

A Ponte Preta conseguiu a segunda vitória fora de casa e voltou a vencer após quatro rodadas. Cicinho abriu o marcador em jogada de contra-ataque. E mesmo após o empate mineiro, com Borges no final da primeira etapa, a Ponte voltou a ficar na frente com Marcinho, aproveitando falha de Fábio.

Com a vitória, a Ponte sobe para a nona colocação, com 19 pontos. Na próxima rodada, a macaca enfrenta o Grêmio. O Cruzeiro despenca na tabela e cai para oitavo com 24 pontos, o próximo adversário será o Santos.

Muita emoção e dois gols

O jogo começou bastante disputado e o Cruzeiro conseguia escapar algumas vezes e arriscar alguns chutes no gol, porém não era muito eficiente. A Ponte Preta marcava bem e esperava o contra-ataque para abrir o placar. E a jogada deu certo. Aos 18 minutos, Marcinho lançou Cicinho, que livre, entrou na área e tocou na saída de Fábio. Ponte 1 a 0.

O Cruzeiro tentou reagir e começou a partir para o ataque, porém a equipe parecia muito nervosa e não conseguia render. O meia Charles errava alguns lances e era muito vaiado, e em certo momento discutiu com o treinador do Cruzeiro, Celso Roth. Aos 27 minutos, Ceará bateu falta na área e Borges errou a bola por centímetros.

No final da primeira etapa, a equipe paulista quase ampliou em jogada semelhante ao primeiro gol, mas Marcinho errou na hora do chute. O time da casa começou a pressionar bastante. Aos 37, Wallyson recebeu na direita, cruzou e Borges chutou para fora, um minuto depois o mesmo Wallyson arriscou chute da direita e a bola passou perto do travessão do goleiro Roberto. Mas, foi Montillo que fez a jogada do empate. Com 47 minutos, o argentino correu com a bola pela esquerda, entrou na área e cruzou para Borges empatar. E o primeiro tempo ficou nisso.

Fábio mal e Roberto espetacular

A segunda etapa voltou quente e na primeira chance de gol, a Ponte Preta voltou a ficar em vantagem. Aos três minutos, Marcinho bateu falta de longe, a bola quicou e enganou Fábio. Ponte 2 a 1. No minuto seguinte, Borges recebeu na área, girou e carimbou o poste direito do goleiro Roberto. Dois minutos depois, mais Cruzeiro. Montillo bateu escanteio na primeira trave, Léo desviou para o gol e o arqueiro da Ponte fez defesa espetacular.

Celso Roth decidiu tirar Wallyson para colocar Wellington Paulista, que entrou com mais garra e apareceu em algumas boas jogadas, porém não pareceu mudar a cara celeste. Aos 21 minutos, Ceará cobrou falta na pequena área, Borges apareceu sozinho, cabeceou no canto direito e Roberto, um dos melhores em campo, salvou a Ponte Preta.

O Cruzeiro tentava pressionar, mas tinha muita dificuldade com a boa marcação da Ponte e ainda corria algum risco nos contra-ataques. Aos 32 minutos, Caio puxou contra-ataque e tocou para Renê Júnior, que chutou para defesa de Fábio. No rebote, Roger fica livre e chuta na zaga do Cruzeiro. O time da casa tentou presssionar no final, mas não conseguiu furar o bloqueio paulista e a Ponte levou os três pontos para casa.

Relacionados