thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 8 de junho de 2013
  • • 16:20
  • • Estádio Heriberto Hülse, Criciúma, Santa Catarina
  • Árbitro: Jailson Macêdo Freitas
  • • Público total: 17785
0
TF
3

Criciúma 0 x 3 Flamengo: Sem Jorginho, Fla reage e deixa zona de rebaixamento

Criciúma 0 x 3 Flamengo: Sem Jorginho, Fla reage e deixa zona de rebaixamento

Alexandre Vidal/Fla Imagem

Time da Gávea conseguiu sua primeira vitória na casa do Tigre em campeonatos brasileiros com direito a gol olímpico de Gabriel

Ao apito final da partida entre Flamengo e Criciúma, neste sábado, a torcida rubro-negra pôde finalmente respirar mais aliviada. Logo após demitir o técnico Jorginho, o time da Gávea conseguiu reagir e conquistar seus primeiro três pontos no Brasileirão 2013 ao bater o Tigre, no Heriberto Hulse, por 3 a 0. Os gols foram marcados por Hernane e Gabriel (duas vezes). Foi a primeira vitória do time carioca na casa do Criciúma em campeonatos brasileiros.

Com mas calma e a pausa para a Copa das Confederações pela frente, o Flamengo agora poderá buscar um novo treinador com calma. Para o Tigre, foi a primeiro derrota em casa

O jogo

Apesar do placar elástico do Fla, a vitória não foi construída de maneira tão fácil. O jogo era bastante equilibrado, sem muitas chances de gols para nenhum dos lados e com muitos erros de ambas as partes, até os 15 minutos do primeiro tempo, quando Elias, do Flamengo, e Fabinho, do Criciúma, se desentenderam. Elias aproveitou a forma mais acintosa com que Fabinho o encarou e desabou no chão. O árbitro não teve dúvidas: expulsou o atacante do Criciúma. Foi aí que a maré começou a virar para o lado rubro-negro.

Com mais posse bola e vantagem numérica, o visitante passou a ocupar mais os espaços no campo até empurrar o Tigre todo para dentro do seu próprio campo de defesa. Aos 37 minutos, a pressão deu resultado. Elias tocou para Hernane na pequena área, que dominou e, quase caindo, tocou tirando do goleiro Bruno.

Na comemoração, um sinal de paz: o Brocador correu para abraçar o volante, com quem havia tido um desentendimento após a derrota para o Náutico, na última rodada, que culminou com a demissão de Jorginho.

Ainda antes do primeiro tempo acabar, o Fla poderia ter ampliado, mas Bruno salvou o Tigre duas vezes. Giancarlo ainda teve uma chance pelo time da casa, mas parou em Felipe.

Logo com sete minutos da etapa final, Gabriel tratou de parar qualquer tentativa de reação do Tigre marcando o segundo gol. Léo Moura, fazendo boa partida, cruzou da direita. Bruno não segurou e o atacante, oportunista, empurrou para o gol.

Sem poder de reação nenhum, o Criciúma foi presa fácil, e coube ao Flamengo apenas administrar a vitória. Ainda houve tempo para o terceiro e surpreendente tento. Gabriel cobrou escanteio e a bola fez uma curva impressionante, enganando até o goleiro Bruno. A bola foi na direção do gol, e o goleiro cortou, mas a arbitragem assinalou que a bola havia entrado. Lance muito difícil, mas que selou a vitória rubro-negra com gol olímpico.

A vitória levou o Flamengo aos cinco pontos, na 14ª posição. Por agora, o time está fora da zona de rebaixamento, mas ainda aguarda os demais resultados da rodada para saber se vai para as mini-férias fora da região da degola. Já o Criciúma, com seis, está na 9ª posição.

Os times agora só voltam a jogar no dia seis de julho, quando o Rubro-Negro recebe o Coritiba e o Tigre vai ao Independência enfrentar o Atlético-MG.

Relacionados