thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa do Brasil

  • 11 de julho de 2012
  • • 21:50
  • • Couto Pereira, Curitiba, Paraná
  • Árbitro: Sandro Meira Ricci
  • • Público total: 35122
1
TF
1

Palmeiras vence por agregado 3 - 1

Coritiba 1 x 1 Palmeiras: Verdão interrompe reação paranaense, segura escore e leva a Copa do Brasil após 14 anos

Coritiba 1 x 1 Palmeiras: Verdão interrompe reação paranaense, segura escore e leva a Copa do Brasil após 14 anos

Hedeson Alves/VIPCOMM

Em jogo dificultado pelo gramado molhado, paulistas mostraram solidez defensiva e voltam a conquistar um grande título após mais de dez anos

A espera do Palmeiras chegou ao fim no dia 11 de julho de 2012: após treze anos, a equipe volta a conquistar um grande título, após o empate em 1 a 1 contra o Coritiba, no Couto Pereira. O saldo construído no jogo de ida foi mantido pelo gol de Betinho, no segundo tempo, que praticamente iniciou as comemorações pelo título da Copa do Brasil! Ayrton anotou os gols para os donos da casa.

O campo dificulta o futebol

As dificuldades das duas equipes, que encaravam o gramado encharcado do Couto Pereira, eram visíveis. O domínio da bola e os passes exigiam um esforço maior dos jogadores, que não conseguiam criar muita coisa. Quando a adaptação aconteceu, os times levaram perigo: o Coxa teve chance de abrir o placar em bola que ficou rondando a área, e o Verdão, no lance seguinte, também chegou perto, em chute de Juninho defendido por Vanderlei.

Os donos da casa começaram com maior posse de bola, mas aos poucos o Palmeiras equilibrou as ações. Aos 20 minutos, Assunção levantou na área, a zaga parou e Betinho furou na hora de finalizar. O camisa 20 colocou falta bem próxima à trave, aos 28, e Everton Costa deixou Rafinha em boas condições de abrir após ganhar de Thiago Heleno, mas bateu para fora.

Nos minutos finais, o Coritiba seguiu insistindo na bola aérea, mas a zaga do Verdão tirava cada cruzamento pelo alto. Em contrapartida, os contragolpes acionados com Mazinho também não davam muito resultado, e o jogo se encaminhou para o intervalo sem perspectivas de sair do zero.

Gols e comemoração paulista

A segunda etapa começou devagar, com alguns jogadores entrando e levando algum tempo para se assentarem às condições adversas do duelo. Mas o Coxa era insistente, e acabou recompensado aos 17 minutos. Em falta sofrida próxima à área, Ayrton, que entrara há pouco, cobrou com perfeição e achou as redes. A esperança dos paranaenses durou pouco tempo. Em poucos minutos, Assunção cobrou falta na ponta direita, Betinho desviou no meio do caminho e deixou tudo igual.

Se fechando atrás, o Verdão tentava segurar a posse de bola e fazer o tempo passar. O Coritiba tentava, mas só chegava ao gol em lances esporádicos. Pereira completou para fora após cobrança de escanteio, Aquino bateu para boa defesa de Bruno e Rafinha quase marcou em lance individual na entrada da área.

Nem isso tirou a tranquilidade dos comandados de Felipão. Pouco depois da marca dos 45 minutos, a glória: o Palmeiras é novamente campeão para o Brasil inteiro ver!
         


Relacionados