thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 19 de julho de 2012
  • • 21:00
  • • Couto Pereira, Curitiba, Paraná
  • Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
  • • Público total: 11998
1
TF
1

Coritiba 1 x 1 Palmeiras: na volta ao Couto Pereira, Palmeiras joga mal mas segura o empate

Coritiba 1 x 1 Palmeiras: na volta ao Couto Pereira, Palmeiras joga mal mas segura o empate

Hedeson Alves/VIPCOMM

Após abrir o placar no primeiro tempo, Palmeiras se fechou na defesa. Coritiba ainda pressionou, conseguiu o empate mas não a virada. Patrik e Anderson Aquino marcaram.

Na reedição da final da Copa do Brasil deste ano, deu empate. Foi o completamento da 10ª rodada da Série A do Brasileirão 2012, entre Coritiba e Palmeiras. Patrik abriu o placar no primeiro tempo e Anderson Aquino - que entrou no segundo tempo - empatou na etapa final. No próximo final de semana, o time paulista recebe o Náutico no domingo, às 16h. Já o time do técnico Marcelo Oliveira pega o Bahia, no estádio de Pituaçu, às 18h30.

Em primeiro tempo movimentado, Palmeiras aproveita chance

Apesar dos dez desfalques de Luiz Felipe Scolari, que nem no banco pôde ficar - estava suspenso -, o time do Palmeiras começou um pouco melhor a partida e logo aos 6 minutos abriu o placar com Patrik. Após cruzamento, Betinho se esticou todo e ajeitou para Patrik, que pegou de primeira e colocou no canto esquerdo de Vanderlei. O gol pareceu despertar o Coritiba, que não se intimidou com um princípio de vaias no Couto Pereira e foi pra cima do rival paulista.

Aos 12 minutos, Rafinha trabalhou bem com Everton Costa, bateu forte mas Arthur chegou para bloquear o chute do meia. Cinco minutos depois, aos 17, nova boa jogada de Rafinha, dessa vez passando por dois marcadores e adiantando para Everton Costa, que na meia-lua não dominou e ouviu protestos da torcida presente no estádio.

O time do Palmeiras, sem Marcos Assunção, tinha muitas dificuldades em sair jogando no meio de campo. Com Daniel Carvalho apagado, o volante e capitão Marcio Araújo e o garoto Patrik, autor do gol, tentavam fazer a transição, sem muito sucesso. Enquanto isso, o Coxa seguia no ataque. Aos 30, Ayrton cobrou falta para boa defesa de Bruno, espalmando. Emerson emendou uma mini-bicicleta aos 40 minutos, mas mandou nas mãos do arqueiro alviverde. Dois minutos depois, a melhor chance do Coritiba no primeiro tempo: Rafinha fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou na medida para Everton Costa, dentro da pequena área. Entretanto, o atacante do Coxa cabeçeou no chão e após o quique da bola o goleiro Bruno salvou o Palmeiras com os pés. Fim dos primeiros quarenta e cinco minutos e o Palmeiras conseguiu segurar a vantagem.

Coritiba pressiona mas Palmeiras segura empate
 
O Coritiba veio para o segundo tempo com duas alterações: Lincoln no lugar do volanete William e Anderson Aquino no lugar de Lucas Mendes. Apesar das substituições, o jogo não mudou muito. Com o Palmeiras tendo muitas dificuldades para fazer a transição da defesa para o ataque, o time da casa seguiu no ataque, com alguma melhora, já que Lincoln deu mais qualidade ao meio campo do time de Curitiba. Aos 9 minutos, a dupla que entrara no intervalo já mostrava serviço: ótimo passe de Lincoln para Anderson Aquino, que deixou Rafinha na cara do goleiro Bruno, mas ele tentou dominar e desperdiçou boa chance.

Sem conseguir manter o ritmo, o time da casa só conseguiu chegar novamente aos 20, mas com muito perigo. Bruno calculou mal e a bola foi no travessão do time paulista. Na sequência, o atacante Betinho salvou em dois chutes, dentro da pequena área. Dois minutos depois não teve jeito: a revelação da base Thiago Primão cruzou e Anderson Aquino se antecipou à zaga do Palmeiras para desviar e empatar a partida: um a um.

Com Daniel Carvalho machucado já substituído, o Palmeiras praticamente abdicou do ataque, se resumindo aos contra-ataques, mas errando muitos passes. Do lado do Coxa, Lincoln entrou muito bem e deixava os atacantes em boas condições.

Somente aos 31 minutos o time de Felipão chegou com perigo. Felipe cobrou falta com precisão no ângulo de Vanderlei, mas o goleiro do Coxa fez linda defesa. A entrada de Obina no lugar de Betinho pouco mudou nas jogadas ofensivas do Palmeiras. Seis minutos depois, o Coxa voltou a chegar com passe de Lincoln, desta vez de cabeça. Emerson saiu na cara do goleiro Bruno e bateu forte, mas em cima do arqueiro, permitindo a defesa. O zagueiro do Coxa ainda foi expulso aos 45, ao levar segundo amarelo por acertar o rosto de Obina. Fim de jogo e muita reclamação do time do Coritiba, principalmente pelo apito final ter ocorrido coma bola dentro da área do Palmeiras.

Relacionados