thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 26 de agosto de 2012
  • • 16:00
  • • Pacaembu, São Paulo, São Paulo
  • Árbitro: Wilson Luiz Seneme
  • • Público total: 34843
1
TF
2

Corinthians 1 x 2 São Paulo: Luis Fabiano comanda a virada tricolor no Pacaembu

Corinthians 1 x 2 São Paulo: Luis Fabiano comanda a virada tricolor no Pacaembu

Wagner Carmo/VIPCOMM

Atacante marcou nos dois tempos em jogo muito disputado

O São Paulo tem muito a agradecer a um nome em especial pelo ótimo encerramento de primeiro turno no Brasileirão 2012. O atacante Luis Fabiano marcou os dois gols da vitória por 2 a 1, de virada, sobre o rival Corinthians no Pacaembu. Emerson abriu o placar na capital paulista.

Tricolores, que encerram as primeiras 19 rodadas na 5ª colocação, com 31 pontos, encaram o Botafogo na próxima quinta-feira (Morumbi, 21h). Já o Timão estaciona nos 24 pontos e 11ª posição, e viajam ao Rio de Janeiro para enfrentar o Fluminense na quarta-feira (Engenhão, 22h).

Dérbi frenético

A partida começou devagar, mas aos poucos o Corinthians começou a mostrar a dedicação tradicional da época da Libertadores, sufocou o adversário e largou na frente: Paulinho apertou Paulo Assunção, que saiu jogando errado e permitiu que o camisa 8 invadisse a área, antes de rolar a bola para Emerson chegar batendo colocado e abrindo o placar aos 6 minutos de jogo.

Os tricolores acusaram o golpe, e viram o rival alvinegro tomar cada vez mais o controle das ações no Pacaembu, por pouco não indo além. Em outra roubada de bola, Paulinho arriscou de longe e forçou Ceni a fazer defesa aos 8, o mesmo que fez Danilo um minuto mais tarde. Mas o perigo também vinha pelos lados: Danilo chegou pela esquerda, cruzou, a zaga afastou mal e Emerson, livre dentro da área, chutou em cima de vários jogadores caídos e perdeu grande oportunidade.

Tentando não perder a calma, o São Paulo tentava impor seu jogo a partir de suas principais armas: Jadson, Lucas e Luis Fabiano. O camisa 10 tentava acionar os outros dois, que buscavam espaços deixados pela defesa corintiana em função da marcação muito adiantada. E é por isso que o gol de empate veio justamente no momento em que o Timão mais pressionava: Lucas fez fila desde a intermediária e cutucou para Luis Fabiano, livre dentro da área, batesse cruzado e deixasse tudo igual. 1 a 1.

A partir daí, o primeiro tempo ficou mais disputado e até truncado pelo número de faltas. A grande chance acabou sendo tricolor: Jadson carregou bola na entrada da área e soltou um passe açucarado para Maicon, que saiu na cara de Cássio e bateu na rede, pelo lado de fora.

Nas costas da defesa, nos pés de Luis Fabiano

Os 45 minutos finais iniciaram sem o mesmo ímpeto do primeiro tempo mas, mesmo assim, o São Paulo já dava sinais de que brigaria por mais na casa do adversário. O principal trunfo do Tricolor continuou sendo a bola jogada em profundidade, que deixou Maicon e Luis Fabiano, duas vezes, em condições de marcar, embora a arbitragem ao marcar o impedimento em algumas delas. Já o Corinthians chegou em pelo menos duas oportunidades nos dez minutos iniciais, embora não tão claras, com Paulinho e Emerson.

A insistência da equipe de Ney Franco sobre o erro de posicionamento da defesa adversária acabou trazendo o resultado: Jadson acertou um lindo lançamento nas costas da defesa, Luis Fabiano driblou Cássio em direção à linha de fundo e quase perdeu o ângulo para finalizar, mas o chute foi morrer no fundo das redes. Melhor em campo, o Tricolor desestabilizou o rival, e quase ampliou em falta batida por Ceni.

No final, o Corinthians ainda encontrou forças para buscar o resultado. Romarinho teve duas oportunidades pelo alto, mas pecava ora na pontaria, ora na força do cabeceio. Na pressão da bola levantada na área, Paulinho apanhou um rebote e quase marcou nos acréscimos, enquanto o mesmo Romarinho, no último lance do clássico, teve a chance de se consagrar, mas terminou finalizando fraco e consolidar a vitória do rival São Paulo.
            


Relacionados