thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa das Confederações

  • 26 de junho de 2013
  • • 16:00
  • • Mineirão, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: E. Osses
  • • Público total: 57483
2
TF
1

Brasil 2 x 1 Uruguai: Paulinho marca no fim e coloca a Seleção em mais uma final

Brasil 2 x 1 Uruguai: Paulinho marca no fim e coloca a Seleção em mais uma final

Getty Images

Apesar de atuação abaixo do esperado, Brasil chega à sua terceira decisão seguida na Copa das Confederações

O Brasil está na final da Copa das Confederações 2013! Com uma vitória emocionante sobre o Uruguai por 2 a 1 nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, a Seleção chegou à sua terceira decisão seguida no torneio (o fez nas edições 2005 e 2009) e buscará o título contra Espanha ou Itália, que jogam nesta quinta-feira. Fred, Paulinho (B) e Cavani marcaram os gols na tarde de hoje.

Fred resolve mais uma vez

Mesmo com o clima de festa no Mineirão tomado de amarelo, foi o Uruguai que começou melhor. Os visitantes aproveitaram os erros de passe da equipe de Felipão e as várias oportunidades na bola parada para ter a primeira grande chance de abrir o marcador: aos 12 minutos, David Luiz puxou a camisa de Lugano após escanteio e cometeu pênalti. Forlán bateu no canto, Julio César foi bem e conseguiu fazer a defesa, recolocando a equipe no jogo.

A disputa continuou intensa ao longo do primeiro tempo, mas o Uruguai continuava melhor. Forlán chutou com muito perigo aos 30 minutos, e Fred também quase inaugurou o placar aos 36, finalizando jogada individual de Marcelo.


Quando o intervalo se encaminhava para o empate, eis que o Brasil mostra sua força: Paulinho esticou ótima bola para Neymar desde a intermediária, o atacante tomou a frente do lance e tentou encobrir o goleiro. Muslera evitou o gol do camisa 10, mas mandou a bola no meio da área para Fred, que chegou batendo de sem-pulo para mandar a bola para o fundo das redes.

Perigo celeste e alívio no final

A Celeste voltou cheia de energia para o segundo tempo, e tratou de não perder tempo para deixar tudo igual. Cavani aproveitou uma lambança da defesa aos dois minutos e recebeu um 'passe' de Thiago Silva, batendo cruzado e vencendo Julio César.

O jogo voltou a ficar disputado, com as duas equipes criando algumas chances para retomar a dianteira no escore. Muslera fez boa defesa em chute de longe de Hulk aos 11, e Thiago Silva quase marcou contra em disputa pelo alto com Suárez. Felipão fez alterações na segunda etapa, mas não conseguiu reverter o momento a seu favor. Cavani quase virou aos 30 minutos, em chute da entrada da área.

Com a torcida a seu favor, porém, o Brasil chegou à tão sonhada vaga na final. Neymar cobrou escanteio aos 40 minutos e Paulinho subiu sozinho para cabecear forte e selar a vitória verde-e-amarela.

Relacionados