thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa das Confederações

  • 15 de junho de 2013
  • • 16:00
  • • Estádio Nacional, Brasília, Distrito Federal
  • Árbitro: Pedro Proença
  • • Público total: 67423
3
TF
0

Fim do jejum

Brasil 3x0 Japão: vitória tranquila na estreia

Fim do jejum

Getty

Seleção domina Japão, marca três e estreia com vitória fácil na Copa das Confederações

A Seleção Brasileira começou bem a sua caminhada para o quarto título na Copa das Confederações. Enfrentando o Japão na abertura do torneio, o Brasil não apresentou nervosismo e venceu por 3 a 0. O resultado já deixa a equipe em boa situação na competição.

Antes da partida, manifestantes foram reprimidos pela Polícia Millitar, proporcionando tristes cenas de violência no entorno do estádio. Os torcedores enfrentaram problemas para entrar no Mané Garrincha. Já com a presença dos jogadores em campo, Joseph Blatter e Dilma Rousseff  foram fortemente vaiados e tiveram seus discursos de abertura oficial do torneio abreviados.

Começa 1º tempo: gol do Brasil

O Brasil começou pressionando no começo. Logo aos três minutos os donos da casa abriram o placar. Fred ajeitou com o peito na entrada da área e Neymar bateu de primeira e fez um lindo gol, no ângulo. Ao abrir o placar, o craque do Brasil afastou um jejum de quase 900 minutos sem marcar e anotou o 21º tento com a camisa da Seleção.

O Japão tentou reagir e encontrou seguidos erros da defesa canarinho. Aos seis minutos, Honda bateu de fora da área para uma boa defesa de Júlia César. Na sequência, Kagawa desperdiçou outra grande chance ao chutar por cima do gol. Pelo lado brasileiro, Hulk criava as principais oportunidades. Aos 21, ele ganhou dividida na lateral direita e, no cruzamento, Kawashima praticou defesa importante. Faltando cinco minutos para o fim do tempo, o jogador do Zenit cortou pra dentro e soltou uma bomba com o pé esquerdo. A bola passou com muito perigo nesta sua jogada característica. Três minutos depois, Kawashima salvou o Japão em chute de Fred e garantiu a desvantagem mínima antes do intervalo.

Começa 2º tempo: gol do Brasil

O início da segunda etapa foi idêntico ao da primeira: gol do Brasil. Com dois minutos no relógio, Daniel Alves cruzou, Paulinho dominou dentro da área e não desperdiçou a oportunidade. A ampliação do placar obrigou Alberto Zaccheroni a colocar mais um atacante. O jogo ficou mais equilibrado, com algumas chances para os dois lados, mas nada que modificasse o resultado. O duelo caiu de ritmo no final e seguiu dessa forma até o último minuto, quando Jô completou um contra-ataque de Hernanes e deu números finais ao confronto.

Após o duelo, o Brasil aparece com três pontos no grupo A e dá um bom passo para conseguir a classificação para as semifinais. O próximo confronto será na quarta-feira, com o México, em Fortaleza. O Japão, por outro lado, entra agora em situação crítica. Além de não somar nenhum ponto, pega a fortíssima Itália, também na quarta, em Recife.

Relacionados