thumbnail Olá,
Ao Vivo

Sul-Americano Sub20

  • 12 de janeiro de 2013
  • • 21:00
  • • Estadio San Juan del Bicentenario, San Juan, Provincia de San Juan
  • Árbitro: P. Loustau
2
TF
3

Brasil 2 x 3 Uruguai: Brasil perde e liga sinal de alerta no Sul-Americano Sub-20

Brasil 2 x 3 Uruguai: Brasil perde e liga sinal de alerta no Sul-Americano Sub-20

Getty Images

Equipe Celeste marca o gol da vitória já nos acréscimos, após Brasil perder gol incrível com Marcos Júnior

Mais um tropeço da seleção Sub-20 no Sul-Americano. Após o empate em 1 a 1 para o Equador na quinta passada, o Brasil perdeu para o Uruguai por 3 a 2 e já ligou o sinal de alerta na competição. Os gols da Celeste foram marcados por Laxalt, Rolan e López. No lado brasileiro, Fred e Marcos Júnior descontaram. O Uruguai é o líder do Grupo B, enquanto o Brasil é o 4º, fora da zona de classificação para a próxima fase, de mata a mata.

Celeste abre o placar

Nos primeiros minutos de jogo, parecia que o Brasil tinha esquecido totalmente a má exibição contra o Equador e comandaria o ritmo do jogo. Aos seis minutos, Ademilson deixou o marcador no chão e chutou para a defesa de Cubero. Mas na sequência da jogada, um lance que mudaria todo o panorama do primeiro tempo. Confusão na entrada da área brasileira, Dória não fez o corte, Laxalt pegou a sobra e chutou forte, sem chances para Luiz Gustavo.

O Brasil enfrentou dificuldades para vencer a marcação uruguaia. Ainda assim, aos oito minutos, Mattheus arriscou o chute de fora da área e a bola saiu por cima do travessão.  Com 19 minutos, Gustavo voltou a ser exigido no gol. Lançamento na área do Brasil, Aguirre escorou de cabeça, César dividiu a cabeçada com Dória e o goleiro brasileiro fez grande defesa.

O time brasileiro errava muito, inclusive passes curtos, e por isso passou a arriscar muitos chutes de fora da área. Com 30 minutos de jogo, Ademilson arriscou o chute de longe e Cubero espalmou a bola para frente, mas o zaga uruguaia estava na cobertura e saiu jogando. Aos 36 minutos, foi a vez de Lucas Cândido arriscar de fora da área, mas a bola subiu muito, indo parar na arquibancada.

Um minuto depois, o Uruguai voltou a incomodar a defesa brasileira. Guilhermo Varela arrancou pela direita, invadiu a área e chutou cruzado, mas Luan mandou para escanteio. Na cobrança, Aguirre cabeceou para fora. Aos 39, Misael cruzou na área, Ademilson furou o chute e a bola acabou sobrando para Mattheus finalizar para fora.

No minuto 42, Mattheus recebeu passe curto de Lucas Cândido e chutou rasteiro, de fora da área, para a defesa tranquila de Cubero. Em seguida, mais uma falha do time brasileiro. Após bobeada de Lucas Cândido, na entrada da área, Aguirre arrancou pelo meio e invadiu a área, mas Gustavo se adiantou para fazer a defesa.

Gol da vitória nos acréscimos

Os dois times voltaram para o segundo tempo e logo aos dois minutos, a situação ficou ainda mais complicada para o Brasil. Mansur dividiu com César dentro da área e acabou cometendo o pênalti. Rolan cobrou e converteu. A seleção trocava muito passes na intermediária e não conseguia avançar, tentando, novamente, alguns chutes de fora da área. Aos 62, Mattheus arriscou de longe e Cubero fez a defesa em dois tempos.

Mas aos 71 minutos, começou uma reação brasileira avassaladora. Confusão na área uruguaia, Cubero saiu mal do gol e Fred diminui para o Brasil. E apenas um minuto depois, cruzamento na área, a zaga tentou afastar, mas a bola sobrou para Marcos Júnior livre mandor para o fundo da rede e deixar tudo igual na partida.

O Brasil começou a pressionar a equipe Celeste. Com 76 minutos, falta para o time brasileiro na entrada da área, Mattheus cobrou e mandou por cima do travessão. E no minuto 83, o lance que iria marcar a partida. Mansur arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave direita. A bola voltou para Marcos Júnior que, com o gol vazio, conseguiu mandar para fora. Não dava para acreditar!

Os garotos do Brasil ainda tentaram o gol da virada aos 87, quando Ademilson tentou uma bicicleta e conseguiu o escanteio. Na cobrança, Cubero subiu para fazer a defesa. O jogo parecia se encaminhar para o empate. Mas já nos acréscimos, lindo lançamento de Laxalt para López que, livre pela direita, invadiu a área e colocou a Celeste na frente de novo. Fim de jogo em San Juan e o Brasil segue sem encontrar o sabor da vitória na competição.

   
   

Relacionados