thumbnail Olá,
Ao Vivo

Liga dos Campeões da UEFA

  • 8 de abril de 2014
  • • 15:45
  • • Signal-Iduna-Park, Dortmund
  • Árbitro: D. Skomina
  • • Público total: 65829
2
TF
0

Real Madrid vence por agregado 3 - 2

Borussia Dortmund 2 x 0 Real Madrid: Alemães têm grande vitória, mas estão fora da Champions

Borussia Dortmund 2 x 0 Real Madrid: Alemães têm grande vitória, mas estão fora da Champions

Bongarts

Precisando reverter a vantagem conquistada pelo Real na primeira partida, equipe joga melhor, marca duas vezes, mas não consegue igualar o 3 a 0 e fica fora da semifinal

O Real Madrid fez o melhor resultado das quartas de final em sua casa e chegou na Alemanha praticamente classificado. Apesar da diferença no placar e na qualidade técnica, o Borussia não se abateu e fez uma grande partida hoje, no Signal Iduna Park, vencendo os espanhóis por 2 a 0 com gols de Marco Reus. Só que toda a garra e disputa não renderam um final feliz, já que a vantagem de três gols para o Real foi suficiente para eliminar o atual vice-campeão da Champions League e deixar o time de Cristiano Ronaldo, que acompanhou a partida do banco, avançar às semifinais da competição.

O jogo

Jurgen Klopp afirmou durante a semana que sua equipe não deveria ter pressa para marcar o primeiro gol. De fato, o início da partida não apresentou grandes lances e o Real, com a boa vantagem conquistada na outra partida, apenas esperou as investidas do Borussia, principalmente pela ausência de Cristiano Ronaldo, que começou no banco. Já os alemães tentaram ganhar campo trocando passes no ataque, mas os sucessivos erros dificultaram a armação das jogadas.

A história do jogo teve uma virada aos 17 minutos, em jogada normal pelo lado esquerdo. Após tabela de Benzema e Bale, Coentrão recebeu na ponta e cruzou para a área. Piszczek, que marcava dentro da área, tocou com o braço na bola e o árbitro assinalou o pênalti. Sem o melhor do mundo, Di María foi o escolhido para bater e escorregou, mas conseguiu acertar o canto. O capitão Weidenfeller acertou o lado e pulou bonito, evitando um gol decisivo do Real logo no início.

Borussia marca duas vezes no primeiro tempo

Logo depois, Reus criou uma grande jogada e Mkhitaryan perdeu grande chance de abrir o placar. Apesar do erro, os lances motivaram o Borussia, que aumentou o ritmo da partida e passou a dominar o Real, que apresentou uma defesa inconstante. E foi em um passe ruim de Pepe, aos 24 minutos, que os alemães encontraram o primeiro gol. Após lançamento da defesa, o português tentou um recuo para Cassilas e a bola ficou curta. Ligado na jogada, Reus chegou à frente do goleiro, fez o drible e bateu para o gol, explodindo o Signal Iduna Park.

Com o gol, a equipe partiu de vez para o ataque e Hummels, aos 31, cabeceou na área para a boa defesa de Casillas. O goleiro ainda teria participação fundamental depois, mas não conseguiu evitar o segundo do Borussia ainda no primeiro tempo. Em novo erro, agora de Illarramendi, Reus partiu em velocidade pelo meio aos 37 e abriu com Lewandowski. O polonês finalizou cruzado e o goleiro do Real espalmou, com a bola batendo na trave na sequência. No rebote, o mesmo Reus chegou livre e balançou as redes.

Do banco, Cristiano Ronaldo aparentou muita preocupação e gritou com seus companheiros, mas o português não foi acionado no intervalo. Carlo Ancelotti preferiu colocar Isco e deixou o craque, que tem um problema no joelho, assistindo a partida de fora. Não apenas a alteração, mas a conversa no vestiário deu um novo gás para o Real, que voltou buscando um gol no segundo tempo. Bale e Modric cresceram na partida e o galês, logo aos três minutos, mandou uma bomba para o gol defendida por Weidenfeller.

Real tenta, mas Borussia continua pressionando

Em outros dois lances, a defesa conseguiu se livrar de um gol do Real Madrid. Primeiro, Bale fez uma jogada sensacional tirando dois jogadores e saiu na cara de Weidenfeller, mas preferiu bater cruzado na direção de Benzema e acabou jogando para fora. Na sequência, o atacante francês recebeu por trás da marcação, tirou o goleiro do lance, mas Hummels dividiu na hora certa e evitou a finalização fatal para o gol vazio.

Com o crescimento de produção da equipe alemã, foi aberto o espaço para Iker Casillas se consagrar. Antes, Mkhitaryan desperdiçou, aos 20 minutos, outra bela oportunidade de marcar um gol. O armênio foi lançado na cara do goleiro por Reus, fez o drible, mas finalizou na trave com o gol aberto. Alguns minutos depois, Durm chegou ao fundo pela esquerda e cruzou para a área. Piszczek, no outro lado, rolou para o meio e Grosskreutz finalizou no cantinho, mas Casillas operou um milagre evitando o terceiro gol.

No final, melhor para o Real Madrid

O ritmo acelerado fez o Borussia demonstrar cansaço no final. Jurgen Klopp mexeu apenas uma vez, colocando Aubameyang no lugar de Piszczek. O time foi todo à frente e pressionou o Real Madrid no final, que passou a ter oportunidades de contra-ataque nos últimos minutos. Weidenfeller evitou o gol, mas a equipe não conseguiu aumentar a vantagem. Apesar do grande jogo, o Borussia viu o resultado perto, mas ficou no quase e não se classificou. Restou à torcida aplaudir muito seus jogadores, que lutaram contra um grande clube. Muito longe de seu bom futebol, o Real Madrid segue na competição, mas preocupa seus torcedores com o afunilamento da fase semifinal.


FICHA TÉCNICA

BORUSSIA DORTMUND 2 X 0 REAL MADRID

BORUSSIA DORTMUND: Weidenfeller, Piszczek (Aubameyang), Friedrich, Hummels, Durm, Jojic, Kirch, Großkreutz, Mkhitaryan, Reus, Lewandowski. Técnico: Jurgen Klopp

REAL MADRID: Casillas, Carvajal, Pepe, Sergio Ramos, Coentrão, Xabi Alonso, Illarramendi (Isco), Modric, Di María (Casemiro), Bale, Benzema (Varane). Técnico: Carlo Ancelotti

Local: Estádio Signal Iduna Park (Dortmund/ALE)
Data/Horário: 08/04/2014, às 15h45
Árbitro: Damir Skomina (SLO/FIFA)

Cartões Amarelos: Sergio Ramos (27'), Xabi Alonso (31'), Carvajal (68'), Reus (75'), Casemiro (83') e benzema (92')
Cartões Vermelhos:
Gols: Reus (24') e Reus (37')
 

Relacionados