thumbnail Olá,
Ao Vivo

UEFA Champions League

  • 4 de dezembro de 2012
  • • 17:45
  • • Signal-Iduna-Park, Dortmund
  • Árbitro: M. Mažić
  • • Público total: 65829
1
TF
0

Dortmund 1 x 0 Manchester City: alemães voltam a dominar partida e deixam City na lanterna do grupo

Dortmund 1 x 0 Manchester City: alemães voltam a dominar partida e deixam City na lanterna do grupo

Bongarts

Reserva de Lewandowski, Schieber marca e garante campanha dos Amarelos

O Manchester City vai precisar esperar pelo menos até agosto do ano que vem para usar o passaporte novamente. A equipe caiu diante do Borussia Dortmund nessa terça-feira por 1 a 0 e terminou na lanterna do Grupo D da Champions League, se descredenciando até para uma vaga na Liga Europa. O reserva Schieber anotou o único gol da partida.

Com a liderança, o Borussia será um dos oito cabeças-de-chave da fase mata-mata, cujo sorteio será realizado no dia 20 de dezembro.

Tem alguém aí?

A Liga Europa era muito pouco para o resignado Manchester City, que, mesmo sabendo da necessidade dos três pontos para pleitear a terceira colocação da chave, pouco fez para que isto acontecesse. O classificado Borussia também não parecia muito interessado. Lenta, a equipe da casa foi criar apenas no minuto 12, quando Kirch surgiu de trás e chutou no meio do gol para defesa de Hart.

O jogo continuou em um panorama pouco animador nos próximos minutos, até Sinclair receber passe dentro da área e cruzar com perigo, mas Tevez esteva desatento e não acompanhou o lance. Os Amarelos permitiram um tímido crescimento do adversário na partida, recuando a marcação e tentando espaço para sair nos contragolpes.

Foi o que aconteceu aos 36 minutos, quando Reus recebeu na direita, passou como quis por Nastasic e bateu de canhota, ao lado do pé da trave. No único lance de perigo dos ingleses nos primeiros 45 minutos, anulado por impedimento, Tevez subiu sozinho na pequena área e Weidenfeller fez uma defesa espetacular.

Alguém anote a placa

O torcedor do Dortmund certamente se animou ao ver que o meia Blaszczykowski entrou no time da casa, em lugar de Reus. Quase que de imediato, o Borussia passou a empilhar chances para abrir o marcador, sufocando o City, completamente perdido em campo. Schmelzer cobrou falta no capricho e Hummels por muito pouco não abriu o marcador, mas acabou faltando perna ao zagueiro.

Depois, Perisic quase marcou um lindo gol ao aparar um cruzamento vindo da direita de primeira, mas Hart colocou pelo fundo. O inglês ainda salvou mais uma chegada dos alemães no lance seguinte, quando Grosskreutz entrou driblando na área e chutou no cantinho para grande defesa do camisa 1.

Uma hora, no entanto, ele não conseguiria evitar o pior. Aos 12 minutos, Kuba disparou pela ponta direita e mandou na medida para Schieber chegar antes e mandar de carrinho para o fundo do gol. O reserva do goleador Lewandowski quase incorporou o titular, ao tentar toque por cobertura no lance seguinte, que acabou nas mãos de Hart.

A partir daí, o time da casa diminuiu um pouco o ritmo, mas nem por isso deixou de continuar superior na partida. O City, enquanto isso, abusava da obviedade da bola aérea, e só foi testar Weidenfeller novamente a cinco minutos do fim, quando Aguero entrou driblando na área e bateu com perigo. Antes disso, porém, uma trama entre Kuba e Lewandowski foi mais uma vez interrompida por grande saída de Hart, que termina a curta carreira do City na Champions como um dos grandes destaques do futebol europeu.

Relacionados