thumbnail Olá,
Ao Vivo

Liga dos Campeões da UEFA

  • 7 de novembro de 2012
  • • 17:45
  • • Estádio do Sport Lisboa e Benfica (da Luz), Lisboa
  • Árbitro: F. Meyer
  • • Público total: 36448
2
TF
0

Benfica 2 x 0 Spartak Moscou: portugueses seguem sonhando com vaga

Benfica 2 x 0 Spartak Moscou: portugueses seguem sonhando com vaga

AFP

Águais conseguem primeiro triunfo na Champions e mantêm esperanças de classificação

A esperança é a última que morre: este deve ser o lema do Benfica na Champions League a partir da vitória por 2 a 0 sobre o Spartak Moscou. O resultado ainda dá chances ao time português de conseguir uma classificação no Grupo G do torneio. Os dois gols foram marcados por Oscar Cardozo.

O Benfica iniciou a partida pressionando, criando já uma boa situação em cobrança de falta finalizada pelo argentino Garay. Apesar disso, o Spartak conseguiu responder e, aos 13 minutos, Bilyaletdinov saiu no um-contra-um com Artur, mas o goleiro brasileiro acabou se dando melhor.

Depois disso, os portugueses cresceram e criaram pelo menos três chances para abrir o marcador ainda no primeiro tempo, com Salvio, Rodrigo e Enzo Perez, sem conseguir aproveitá-las. O Spartak saía em raros contragolpes e pareceu satisfeito com o resultado ao término do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, Bilyaletdinov fez Artur trabalhar mais uma vez, o o paraguaio Cardozo teve um gol bem anulado logo nos minutos iniciais. Pouco depois, no entanto, ele não perdoou: em bola levantada por Melgajaro pelo lado esquerdo, o gigante nem precisou sair do chão para vencer Makaeev pelo alto e fazer o primeiro.

Arrasador, o time da Águia continuou empilhando chances de gol durantes os próximos 15 minutos, até Cardozo encerrar de vez o escore, ao aparar cruzamento de Ola John com um bonito voleio. No fim, o goleador da noite cavou um pênalti e a expulsão de Pareja, mas finalizou mal e facilitou a vida de Rebrov. O brasileiro Bruno César ainda teve boa participação nos minutos finais, criando algumas oportunidades de gol.

Foi a primeira vitória do Benfica, o suficiente para manter a equipe ainda viva por uma vaga na próxima fase (tem 4 pontos, contra 9 e 7  de Barcelona e Celtic, respectivamente).

Mas, se as coisas não andam fáceis para os portugueses, para os russos está ainda pior: o Spartak é lanterna com três pontos, e precisaria vencer os dois próximos jogos para chegar entre os 16 melhores da Europa.

Relacionados