thumbnail Olá,
Ao Vivo

UEFA Champions League

  • 14 de fevereiro de 2012
  • • 17:45
  • • BayArena, Leverkusen
  • Árbitro: C. Thomson
  • • Público total: 29400
1
TF
3

Com dois de Sanchez, Barcelona vence o Bayer Leverkusen fora de casa

Com dois de Sanchez, Barcelona vence o Bayer Leverkusen fora de casa

Bongarts

Equipe catalã teve trabalho, mas os dois gols do chileno garantiram a vitória na Alemanha

Em jogo válido pela primeira partida das oitavas de final, o Bayer Leverkusen perdeu para o Barcelona por 3 a 1, na Bay Arena. Os gols da partida foram marcados por Sanchez (2) e Messi para os visitantes, e por Kadlec para os anfitriões.

Menos favorito na disputa, mesmo jogando em casa, o Bayer deu a tônica de qual seria a sua estratégia para bater o Barça desde os primeiros minutos do jogo, exercendo uma marcação forte, sob pressão, visando tirar os espaços do adversário. A estratégia alemã não deixava de ser eficaz, mas também impedia que o Bayer ameaçasse de alguma forma o time catalão, que deixou assim os seus zagueiros na linha do meio-campo.

Com dificuldades para transpor a defesa dos donos da casa, o Barça tocava pacientemente a bola, como faz habitualmente, só que sem encontrar espaços. As melhores jogadas da equipe de Guardiola no primeiro tempo vinham dos flancos, quando tentava abrir o jogo, ora com Daniel Alves, ora com Adriano.

Mas se a virtude do Barcelona é a paciência associada ao toque de bola, essa se provou mais uma vez eficaz. E antes do apito para o final do primeiro tempo, Messi descolou um ótimo lançamento para Sanchez sair nas costas da defesa do Bayer para invadir a área e tocar na saída de Leno, 1 a 0.

Sem mais tempo para nada, a partida foi para a etapa complementar, para voltar com uma postura completamente diferente do primeiro tempo. O Bayer que se limitava a apenas se defender, resolveu sair para o jogo e igualou o placar logo aos 7 minutos, com Kadlec. O atacante aproveitou um cruzamento de Corluca do lado direito e subiu mais alto na área do Barça, para bater o goleiro Valdez, 1 a 1.

Mas a reação do time catalão foi tão rápida quanto o gol alemão, e quatro minutos foi o tempo necessário para Sanchez marcar o seu segundo e desempatar a partida, após um belo passe de Fabregas, que deixou o chileno na cara do gol para marcar, 2 a 1 Barça.

Com um jogo mais aberto, o time espanhol buscou tocar mais a bola e administrar a vantagem, obtida no começo do segundo tempo. E próximo do final do jogo, quase que Sanchez marca o seu terceiro de cabeça, em grande defesa de Leno.

Mas o gol que fecharia o placar não seria do chileno e sim da estrela Lionel Messi, que recebeu cruzamento curto de Daniel Alves e tocou no meio da defesa do Bayer para dentro do gol, 3 a 1 Barça, sem tempo para mais nada, aos 43 minutos do segundo tempo.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados