thumbnail Olá,
Ao Vivo

Primera Division

  • 23 de fevereiro de 2013
  • • 18:00
  • • Camp Nou, Barcelona
  • Árbitro: Carlos Velasco Carballo
  • • Público total: 57629
2
TF
1

Barcelona 2 x 1 Sevilla: No sufoco, Barça vira e abre 15 pontos de vantagem na liderança

Barcelona 2 x 1 Sevilla: No sufoco, Barça vira e abre 15 pontos de vantagem na liderança

Getty Images

Com gols de Messi e Villa, o time catalão conseguiu arrancar a virada de um aguerrido Sevilla, que saiu na frente com Botía

Era a oportunidade perfeita para o Barcelona lavar a alma, tirar o peso da derrota para o Milan e recuperar a confiança ferida. Mesmo com alguns jogadores poupados, nomes como Messi e Iniesta estraram em campo diante de um Sevilla igualmente recheado de reservas. Ambas as equipes tem seus pensamentos focados no meio da semana, quando terão pela frente a dupla de Madrid, Real e Atlético, respectivamente pelas semifinais da Copa do Rei.

A vitória veio, mas não foi tão fácil quanto se esperava. Ao fim do primeiro tempo, quando o Sevilla vencia por 1 a 0, gol de Botía, era possível ouvir vaias no Camp Nou. Mas a estrela blaugrana brilhou no segundo tempo, e Villa e Messi viraram a partida para os donos da casa, esticando a série sem vitórias fora de casa do Sevilla para 10 jogos.

O jogo

Parecia um filme muitas vezes repetido na TV aberta: o Barcelona domina, toca, gira, não dá chances para o adversário. Um conto antigo na Espanha, que todos já conhecem o final. Mas o primeiro tempo foi bem diferente do que os catalães poderiam imaginar.

Apesar do amplo domínio, o time encontrou dificuldades para superar a defesa do Sevilla. O time até chegava, mas não com a facilidade usual, e sem conseguir criar oportunidades claras. Lionel Messi teve três chances de abrir o placar em cobranças de falta perigosíssimas, mas mandou duas para fora e uma na barreira. O argentino, inclusive, teve atuação discreta na primeira etapa.

Quando o jogo já se encaminhava para o intervalo, veio o susto: como diz o velho sábio, quem não faz, leva. E o Sevilla, depois de muito se segurar na defesa, abriu o placar em uma jogada de bola parada. Rakitic cobrou falta na ponta esquerda para Coke, na direita, que dominou e levantou na área. Botía subiu mais que todo mundo e desviou de leve para matar o goleiro Valdés: 1 a 0 para os visitantes, aos 42 minutos.

Parecia que a história iria se repetir no segundo tempo. O Barcelona começou mais perigoso, mas o Sevilla resistia bem às investidas. Entretanto, aos 7 minutos, David Villa, de volta depois de se recuperar de pedra nos rins, subiu sozinho no meio da zaga, em um dos poucos momentos de falta de atenção, para cabecear para o gol e empatar a partida.

Seis minutos mais tarde, o "sumido" Lionel Messi deu o ar da sua graça. Não dá para bobear diante do argentino. Ele começou a jogada, tocou para Tello na esquerda e apareceu para receber, livre, no meio da pequena área, e só teve o trabalho de tocar para o gol. Foi o seu 15º jogo consecutivo deixando a sua marca e, agora, apenas o Celta de Vigo ainda não sofreu com os gols do argentino.

A partir daí, o Sevilla passou a se arriscar mais no jogo, e criou as melhores oportunidades da partida. Aos 22 minutos, Rakitic recebeu de frente para o gol e o técnico Unai Emery chegou a comemorar, mas acabou tocando incrivelmente para fora. O mesmo fez Negredo, que entrara 13 minutos antes, aos 29, quando recebeu passe de Rakitic, adiantou e tocou por cima de Valdés - mas a bola acabou subindo muito.

A partir daí, o jogo ficou parelho, mas sem grandes oportunidades para nenhum dos dois lados, confirmando a vitória do time da casa. Com o resultado, o Barcelona chegou aos 68 pontos no Campeonato Espanhol, colocando 15 de frente para o Atlético de Madrid, que ainda entrará em campo na rodada.

Relacionados