thumbnail Olá,
Ao Vivo

Liga dos Campeões da UEFA

  • 3 de abril de 2012
  • • 15:45
  • • Camp Nou, Barcelona
  • Árbitro: B. Kuipers
  • • Público total: 94629
3
TF
1

Barcelona vence por agregado 3 - 1

Com uma arbitragem confusa, Messi decide mais uma vez e Barça elimina Milan

Com uma arbitragem confusa, Messi decide mais uma vez e Barça elimina Milan

Getty Images

Robinho participou do único gol do Milan em atuação confusa do árbitro holandês Björn Kuipers

No confronto mais esperado da Liga dos Campeões até o momento, o Barcelona não deu chances ao Milan e venceu por 3 a 1, no Camp Nou. Em partida controversa pela arbitragem, Messi foi decisivo e marcou dois, enquanto Iniesta fez o terceiro. Nocerino fez o de honra dos milanistas. Entre os brasileiros, Daniel Alves foi diversas vezes acionado no primeiro tempo, enquanto Robinho participou do único gol rossonero. Pato entrou, mas logo saiu contundido.

Pra variar, o Barça tomou às redeas da partida. No começo, uma verdadeira "blitz" do time catalão. A pressão era forte e não demorou para sair o primeiro gol. Depois de Mexes perder a bola no campo de defesa, Messi, em impedimento, sofreu pênalti de Antonini. O argentino converteu aos 11 minutos, apesar de Abiatti ter ido na bola. Assim, não havia mais possibilidade de decisão no tempo extra.

Aos 32, Robinho originou o único gol do Milan. O atacante passou de três barcelonistas e tocou para Ibrahimovic. O sueco rolou a bola para Nocerino entrar na área e chutar cruzado para empatar.

Após o gol, os rossoneros cresceram no jogo. Entretanto, aos 41 munutos, outro pênalti duvidoso marcado a favor dos espanhois. O zagueiro Nesta puxou Busquets. Messi cobrou e deslocou Abiatti. O melhor do mundo se igualou a Mazzola como o maior artilheiro de uma edição de Champions League, 14 gols. Era o segundo do Barça para decretar a vitória parcial no primeiro tempo.

Na etapa final, o Milan decidiu partir para o tudo ou nada. Mas o Barça voltou a controlar a situação. Aos oito, Messi fez a sua jogada característica na linha da intermediária. O argentino chutou, a bola desviou e sobrou para Iniesta, dentro da área, selar a classificação dos culés.

O time de Robinho e Ibrahimovic seguia reclamando da arbitragem, enquanto o Barcelona só administrava. Até então recuperado, Pato entrou na metade do segundo tempo, mas não durou dez minutos, pois sentiu outra contusão. Enquanto o lateral Adriano também participou do restante do jogo.

O Barça enfrenta o vencedor de Chelsea e Benfica nas semi-finais da Liga dos Campeões.


Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.


Relacionados