thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa Libertadores da América

  • 30 de maio de 2013
  • • 22:00
  • • Estádio Raimundo Sampaio, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: P. Polic
1
TF
1

Agregado 3 - 3, Atlético-MG vence por gols fora de casa

Brasileiros enfrentam Newell's Old Boys na semifinal da competição

Atlético-MG 1 x 1 Tijuana: Galo sofre, mas se classifica para a semifinal da Libertadores

Brasileiros enfrentam Newell's Old Boys na semifinal da competição

Getty

Victor foi o grande herói atleticano. O goleiro defendeu cobrança de pênalti aos 47 do segundo tempo e assegurou o time mineiro na semifinal

POR YURI GONÇALVES

Nesta quinta, o Atlético-MG empatou com o Tijuana por 1 a 1 na Arena Independência se classificou para a semifinal da Libertadores. O Galo sofreu e no fim, Victor defendeu um pênalti de forma histórica e assegurou a vaga mineira.

Riascos (T) e Réver (A) marcaram os gols. Os brasileiros continuam na competição sul-americana e enfrentam o Newell's Old Boys na semifinal.

TIJUANA ASSUSTA E ABRE O PLACAR

Como de costume, a Arena Independência ficou bonita e se transformou em um caldeirão para a partida. A torcida atleticana fez pressão e empurrou a sua equipe rumo à vitória.

Ingredientes que colocam medo em vários times, mas não no Tijuana. A novata equipe mexicana parecia que tinha a experiência de várias participações em Libertadores, esfriou a partida nos primeiros minutos e deixou os donos da casa nervosos.

Logo no primeiro lance, o cartão de visitas. Com menos de um minuto, Riascos recebeu bola na direita e avançou até o meio para chutar forte, mas Victor espalmou.

Aos 15, um susto. Bola na área atleticana e Gandolfi coloca às redes, mas o lance não valeu já que o atleta foi flagrado em impedimento.

Um prenúncio? Sim, os visitantes exploraram bastante os contra-ataques pelos lados e daí surgiu o gol. Na marca de 26 minutos, depois de um belo contra golpe, cruzamento da direita e Riascos pegou bonito sem chances ao goleiro Victor, 1 a 0.


SORTE DE CAMPEÃO?


O gol classificaria o Tijuana. A torcida demonstrou ansiedade e nervosismo, algo que por certo tempo contaminou o Galo. Ronaldinho e companhia tentaram finalizações, bolas na área, porém sem sucesso.

O jogo estava do jeito que os mexicanos gostam. Mas o Galo é forte e vingador e aos 38 minutos, Ronaldinho cobrou falta da intermediária perigosa, a bola raspou a trave do goleiro Saucedo.

Pressionando, mas ansioso, o Atlético lutava, pois sabia que era extramamente importante empatar ainda no primeiro tempo. Entretanto, o time de Cuca demonstrava ter estrela e o objetivo foi alcançado na marca dos 41 após Ronaldinho cobrar falta da direita e na única falha dos Xolos, Réver colocar para dentro do gol - tudo igual 1 a 1.

VICTOR É O HERÓI!

No segundo tempo, os brasileiros tentaram decidir logo cedo, porém não conseguiram. Aos oito minutos, cruzamento na área e Leonardo Silva, sozinho, preferiu ajeitar do que finalizar em uma das grandes chances do Galo na etapa.

O Tijuana cresceu no decorrer do jogo e teve chances de fazer o segundo. A partir daí apareceu a estrela de Victor. O goleiro do Galo salvou a equipe de Belo Horizonte por duas vezes. Na primeira, aos 35 do segundo tempo, após erro de Richarlyson, Martínez teve tudo para fazer o gol, mas Victor salvou a queima roupa.

Mas no fim, quando tudo já parecia definido para os anfitriões, Leonardo Silva cometeu pênalti na marca dos 46 minutos. Riascos cobrou no meio do gol e Victor defendeu de pé esquerdo de forma heróica e assegurou a classificação do Atlético-MG às semifinais da Libertadores.

Relacionados