thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa Libertadores da América

  • 7 de março de 2013
  • • 21:30
  • • Estádio Raimundo Sampaio, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: Daniel Fedorczuk
2
TF
1

Atlético-MG 2 x 1 The Strongest: Ronaldinho decide e Galo mantém ótimo início

Atlético-MG 2 x 1 The Strongest: Ronaldinho decide e Galo mantém ótimo início

Bruno Cantini/Atlético-MG

Placar de 2x1 deixa os mineiros com 100% de aproveitamento; são 3 vitórias em 3 jogos

Por Riccardo Facchini

Nada como ter um craque no seu time e outros bons jogadores ao redor dele. Foi jogando em torno de Ronaldinho Gaúcho que o Atlético-MG bateu o Strongest por 2x1, na terceira partida da fase de grupos da Libertadores. Os gols foram de Jô e do próprio Ronaldinho, para os mineiros, e Melgar descontou para os bolivianos.

Apesar de serem duvidas para a partida, Bernard e Rever entraram como titulares. Assim, o Atlético entrou com sua melhor formação em campo.

No primeiro tempo, o Atlético-MG comecou com um ritmo intenso. No terceiro minuto, Leonardo Silva subiu em cobrança de escanteio e o goleiro Vaca espalmou; no rebote, o proprio zagueiro tentou novamente e o goleiro botou pela linha de fundo.

Aos 16 minutos, foi a vez de Ronaldinho dar o ar da graca: o camisa 10 deu lindo passe por cima da defesa para Tardelli, que bateu firme; Vaca espalmou mais uma vez.

Pouco depois, Ronaldinho, de costas, lancou Jô pelo alto; o centroavante cabeceou fraco, mas com perigo; na saída do gol, Vaca acabou fazendo nova defesa.

O Strongest, apesar de nitidamente não ter se esforcado para buscar a vitória, tambem levou perigo: o veloz Reina puxou contra-ataque pela esquerda e lançou no meio da área para Pablo Escobar. O atacante, apesar de estar na cara do gol, chutou para fora.

Outra boa chance foi com Bernard, que bateu e o goleiro espalmou. Jô, no rebote, quase marcou, mas o Strongest conseguiu afastar em cima da linha.

 Daí em diante, até o final do primeiro tempo, não houve mais grandes chances. A melhor ainda foi do Strongest, desperdiçada por Soliz.

Até aí, a retranca montada pelo técnico Eduardo Villegas dava certo e o time conseguia seu propósito, que era segurar o empate.

Mas no segundo tempo o Strongest não foi páreo para a maior qualidade do Galo Forte e Vingador.

 Victor até levou um susto, logo a 1 minuto: em cobrança de escanteio ensaiada, o zagueiro Mendes bateu e o goleiro atleticano espalmou.

 Aos 6 minutos, Ronaldinho teve a oportunidade de marcar em falta bem próxima da grande área, mas o tiro saiu por cima. Começava a pintar o gol do Atlético.

A trave foi atingida na sequência: Diego Tardelli, um dos destaques da partida, fez boa jogada e cruzou para Bernard, que chutou e acertou o poste.

Dois minutos depos, a jogada ensaiada no primeiro tempo funcionou: Ronaldinho cruzou e zagueiro Mendes raspou; Jô pegou a sobra e, de pé direito, mandou para o gol.

Outro lampejo de Ronaldinho decidiu o jogo: o meia deu lançamento espetacular para Marcos Rocha, que foi derrubado dentro da área. O gaúcho cobrou e converteu.

Sem o empate desejado, o Strongest não tinha mais muito o que fazer em campo, mas ainda achou um gol: depois de escanteio, Melgar, na pequena área, recebeu passe de cabeça e finalizou para as redes, definindo o placar final.

Relacionados