thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 30 de junho de 2011
  • • 21:00
  • • Estádio Joaquim Henrique Nogueira, Sete Lagoas, Minas Gerais
  • Árbitro: Paulo Henrique De Godoy Bezerra
  • • Público total: 7595
0
TF
4

Inter aplica goleada no Galo na Arena do Jacaré

Inter aplica goleada no Galo na Arena do Jacaré

Apesar de jogar fora de casa, o Internacional aplicou uma enorme goleada sobre a equipe do Atlético-MG em plena Arena do Jacaré

O Atlético-MG recebeu o Internacional na Arena do Jacaré e, aos gritos de "olé" da sua própria torcida, sofreu sua segunda goleada no Campeonato Brasileiro. O Colorado aplicou 4 a 0 no Galo, chegou aos 12 pontos e termina a rodada na oitava colocação. O Galo chega ao quinto jogo consecutivo sem vencer e acaba a rodada na 13ª posição.

O jogo começou com uma boa oportunidade de gol para o Internacional. Zé Roberto, aos três minutos, ganhou na velocidade do lateral-esquerdo Guilherme Santos, se aproximou da pequena área e rolou para o centroavante Leandro Damião que, embora estivesse sozinho, conseguiu perder o gol. A bola ainda desviou em Renan Ribeiro e saiu para escanteio.

Com um pouco de dificuldade para furar o bloqueio do Internacional, o Atlético-MG acabou arriscando em alguns chutes de longa distância. Daniel Carvalho recebeu na intermediária, aos seis minutos, mas a bola saiu ao lado da meta defendida por Muriel. Dois minutos depois o Inter demonstrou que estava vivo na partida. Zé Roberto, destaque do Colorado nos minutos iniciais, fez fila e deixou Leandro Damião na cara do gol. O centroavante acabou finalizando em cima de Renan Ribeiro.

Apesar de o Atlético-MG jogar dentro de seus domínios, quem deu as cartas no início da partida foi o Internacional. A equipe gaúcha criou as melhores oportunidades e conseguiu chegar, principalmente, com Zé Roberton e Leandro Damião.

Após o bom início do Internacional, o jogo começou a ficar morno. As duas equipes se fecharam e tiveram dificuldades para encontrar espaços no meio de campo. O Atlético-MG trocou passes e acionou os dois laterais, que não começaram bem. O Alvinegro só voltou a levar perigo ao gol de Muriel aos 31 minutos de partida. Após uma boa jogada do meio de campo, Guilherme finalizou de fora da área e a bola passou ao lado da meta colorada.

O Galo insistiu em chutes de longa distância, mas em vão. Serginho e Guilherme Santos tentaram na casa dos 30 minutos. Enquanto o Internacional se aproveitou da fraca marcação alvinegra nas laterais do campo. Oscar caiu pelo lado esquerdo e Zé Roberto jogou pelo lado direito, nas costas de Guilherme Santos.

O Atlético-MG chegou novamente ao gol do Inter. Após um belíssimo lançamento de Daniel Carvalho, o centroavante Guilherme finalizou. No entanto, a bola desviou no zagueiro Juan e ficou tranquila para o goleiro Muriel.

O técnico Dorival Júnior promoveu uma alteração após o intervalo. Wendell entrou no lugar de Dudu Cearense. Aos dois minutos da etapa complementar, logo após boa cobrança de falta do apoiador Daniel Carvalho, em que a bola pegou no travessão, o jovem Wendell foi atrapalhado por Guilherme e perdeu um gol com o goleiro Muriel totalmente abatido.

Aos oito minutos, D'Alessandro cobrou falta, o goleiro Renan Ribeiro não conseguiu segurar firme e espalmou para o meio da área, a bola ficou nos pés de Leandro Damião, que só empurrou para o fundo do gol. Não demorou muito para o Inter ampliar o placar. Depois de um bom cruzamento do lateral-esquerdo Kléber, Zé Roberto desviou de cabeça e fez o segundo gol colorado.

O técnico Dorival Júnior fez duas substituições para jogar o Atlético para cima, colocando dois atacantes em campo. No entanto, as substituições não surtiram efeito e o Galo não conseguiu crescer no jogo. Daniel Carvalho até tentou dar mais qualidade ao time, mas foi o único a mostrar futebol dentro de campo.

O Atlético-MG ainda tentou balançar a rede adversária. Contudo, o time era ineficiente no ataque. Após o Galo tentar fazer seu gol de honra, o Internacional conseguiu o terceiro gol em um contragolpe. O jovem Oscar carregou a bola até a intermediária e lançou para D'Alessandro, que finalizou de perna esquerda para o fundo da rede de Renan Ribeiro, aos 30 minutos.

Daniel Carvalho ainda tentou algo dentro de campo. Após fazer fila na defesa colorada, o apoiador finalizou rasteiro, no cantinho do goleiro Muriel, mas a bola foi para fora.
O Inter demorou apenas quatro minutos para chegar ao seu quarto gol. Em novo contra-ataque, o garoto Oscar fez um belíssimo gol, deslocando de Renan Ribeiro.

O lateral-esquerdo Guilherme Santos foi expulso aos 40 minutos da segunda etapa após uma entrada forte em Bolatti. Na saída do campo, o camisa 3 trocou ofensas com os torcedores que estavam atrás do banco de reservas do Atlético.

Após o quarto gol do time colorado, o jogo ficou morno. O Inter não fez muita força para chegar ao gol de Renan Ribeiro. Já o Atlético-MG não teve forças para tentar uma recuperação dentro de campo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 0 X 4 INTERNACIONAL

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Data / Hora: 30/6/2011, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Marco Antônio Martins (SC)
Renda/Público: R$73.525,00 / 7.595 pessoas

Gols: Leandro Damião, Zé Roberto, D'Alessandro, Oscar (INT)
Cartão amarelo: Patric, Richarlyson, Daniel Carvalho (CAM); D'Alessandro, Kléber, Leandro Damião (INT)
Cartão vermelho: Guilherme Santos

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Serginho, Richarlyson, Dudu Cearense (Wendell - intervalo) (Mancini - 14' do 2T) e Daniel Carvalho; Magno Alves (Jonatas Obina - 14' do 2T) e Guilherme. Técnico: Dorival Júnior

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Bolívar, Juan e Kleber; Tinga (Bolatti - 23' do 2T), Guiñazu, Oscar e D'Alessandro (Ricardo Goulart - 37' do 2T); Zé Roberto (Fabrício - 35' do 2T) e Leandro Damião. Técnico: Paulo Roberto Falcão

Relacionados