thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 6 de outubro de 2012
  • • 18:30
  • • Estádio Raimundo Sampaio, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
  • • Público total: 16952
6
TF
0

Atlético-MG 6 x 0 Figueirense: Ronaldinho tem noite espetacular e ajuda o Galo a golear o vice-lanterna

Atlético-MG 6 x 0 Figueirense: Ronaldinho tem noite espetacular e ajuda o Galo a golear o vice-lanterna

Bruno Cantini - Atlético-MG

O clube mineiro acabou com um jejum de três partidas sem vitória, com um verdadeiro show do Gaúcho

A partida entre Atlético Mineiro e Figueirense tem um nome: Ronaldinho. O craque da equipe mineira participou de cinco dos seis gols da goleada atleticana. Ele ainda fez um gol de placar, na primeira etapa. O time catarinense não viu a cor da bola e só assistiu ao espetáculo de Gaúcho e companheiros.

Com a vitória, o Atlético Mineiro chega aos 56 pontos, mas continua na vice-liderança. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Internacional, no Beira-Rio. O Figueirense praticamente dá adeus a primeira divisão, pois o time é 19ª, com 22 pontos. Próximo adversário do time é o Atlético Goianiense.

Show de Ronaldinho

O primeiro tempo foi de um time só, que tinha um craque com a camisa 49 em campo. O Atlético Mineiro começou o jogo partindo para cima e usando bastante Bernard e Ronaldinho. Porém, a torcida não sabia o que aconteceria.

Aos 12 minutos, Ronaldinho recebeu bola na esquerda, arriscou chute na diagonal e marcou um gol de placa. Atlético 1 a 0 e o ex-jogador da seleção chorou na comemoração. O time visitante tentou sair para o jogo, mas logo levou outro gol. Aos 24, Ronaldinho cobrou falta com perfeição na direção de Réver, que vinha de trás e cabeceou a bola no fundo das redes.

Se já não bastasse participar dos dois gols, Ronaldinho fez o terceiro. Aos 32 minutos, o craque cobrou falta por debaixo da barreira, enganou o goleiro Wilson e ampliou o marcador. A situação do Figueirense já era ruim, mas ficou pior. Jackson levou dois cartões amarelos e foi expulso deixando a equipe com dez em campo.

Após ficar na vantagem numérica, o Galo dominou as ações e teve várias oportunidades desperdiçadas. Porém, a primeira etapa ficou "só" nos 3 a 0.

Mais Ronaldinho e goleada

Márcio Goiano decidiu mudar o Figueirense e colocou Julio César no lugar de Lazaroni, tentando dar mais experiência para o time. E funcionou, pois a equipe de Santa Catarina melhorou no jogo e foi mais perigosa que em todo primeiro tempo.

Aos 52, Helder fez jogada pela esquerda, chutou cruzado e carimbou a trave esquerda de Victor. Mas, a noite era do Atlético e de Ronaldinho. Aos 62 minutos, Jô dominou a bola na área e foi atropelado por Sandro. Ronaldinho cobrou bem e marcou o terceiro dele na partida.

Cinco minutos depois, Ronaldinho driblou três jogadores no campo defensivo, correu até o ataque e deu passe perfeito para Bernard. O garoto ficou na cara do goleiro e tocou na saída de Wilson. O Atlético  continuou criando e pressionando. Aos 82, Carlos César, que entrou no segundo tempo, fez mais um golaço. O meia recebeu na entrada da área, aplicou um chapéu no marcador e chutou de primeira.

Com 6 a 0 no placar, o Atlético Mineiro finalmente diminuiu o ritmo e esperou a partida se encerrar, para comemorar uma vitória que jamais será esquecida.

Relacionados