thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 2 de dezembro de 2012
  • • 17:00
  • • Estádio Raimundo Sampaio, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: Paulo Cesar De Oliveira
  • • Público total: 21232
3
TF
2

Atlético-MG 3 x 2 Cruzeiro: Galo vence jogaço contra rival e garante vice

Atlético-MG 3 x 2 Cruzeiro: Galo vence jogaço contra rival e garante vice

Bruno Cantini

Primeira etapa terminou com empate, mas alvinegro cresceu no final

O Atlético Mineiro é o vice-campeão do Campeonato Brasileiro 2012. A equipe venceu o Cruzeiro, em jogaço, por 3 a 2 e, com o empate no Gre-Nal, ficou na segunda colocação escapando da Pré-Libertadores. Réver, Bernard e Marcelo Oliveira, contra, fizeram os gols do Galo. Martinuccio e Everton marcaram para a Raposa.

Com o resultado, o Galo chegou aos 72 pontos, um a mais que o Grêmio. O time vai direto para a fase de grupos da Libertadores 2013. O Cruzeiro termina o campeonato na décima colocação e vai para a Copa Sul-Americana 2013.

Gol no começo e no fim

A partida começou como todo clássico tem que ser. Muita correria, disputa e boas jogadas para as duas equipes. E logo aos cinco minutos, após bola cruzada na área, a zaga do Cruzeiro tirou mal e Bernard pegou de primeira para marcar um bonito gol.

Após o gol, a partida esquentou e o Cruzeiro buscava o empate, principalmente com lances em bola parada, com o Atlético explorando os contra-ataques. Aos 21 minutos, Marcelo Oliveira cruzou na área, Tinga completou e a bola bateu na trave.

Aos 37, Jô sofreu pênalti claro de Leandro Guerreiro. Ronaldinho bateu muito mal e Fábio defendeu sem dar rebote. Na sequência, o Galo quase ampliou novamente, porém a zaga do rival tirou.

A vitória parcial do Galo parecia certo, mas o Cruzeiro tem dois argentinos diferenciados no elenco. Aos 47 minutos, Montillo recebeu na direita, tirou da marcação e cruzou. Martinuccio subiu sozinho e cabeceou para o fundo das redes.

Três gols e vitória do Galo

Após o intervalo, a partida voltou em ritmo mais lento e com menos oportunidades criadas. Mas, logo aos 51 minutos, Everton recebeu de Thiago Carvalho na esquerda, entrou na área e chutou na saída de Victor para virar o jogo.

Três minutos depois do gol, Leandro Donizete e Tinga trocaram tapas e foram expulsos. E quem levou a pior foi o Cruzeiro, pois o time perdeu um dos donos do meio de campo. E o empate não demorou a acontecer.

Aos 60, após cruzamento na área, Leonardo Silva desviou de cabeça e Marcelo Oliveira, tentando tirar de Ronaldinho, colocou para dentro do próprio gol. A partida esquentou e o Galo partiu para cima, inclusive perdendo boas chances.

E, finalmente aos 75 minutos, Ronaldinho cobrou escanteio na área e Réver, sozinho, cabeceou para o fundo do gol. No final, Victor ainda fez boa defesa em chute de Leandro Guerreiro. Mas a vitória foi garantida, após os acréscimos. Os jogadores ainda ficaram em campo e comemoraram o vice-campeonato.

Relacionados