thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Europeu

  • 28 de junho de 2012
  • • 15:45
  • • Stadion Narodowy, Warszawa
  • Árbitro: S. Lannoy
  • • Público total: 55540
1
TF
2

Alemanha 1 x 2 Itália- Balotelli decide e Azurra volta a decidir a Euro após 12 anos

Alemanha 1 x 2 Itália- Balotelli decide e Azurra volta a decidir a Euro após 12 anos

Bongarts

Atacante do City marca dois gols e coloca a Azzurra na grande final de domingo.

A Itália venceu a Alemanha por 2 a 1 nesta quinta-feira, em Varsóvia, e carimbou o passaporte para sua terceira decisão de Eurocopa. O atacante Mario Balotelli desencantou, marcou os dois gols da Azzurra e colocou sua equipe na final diante da Espanha, no domingo. Ozil, de pênalti, descontou para os alemães.

Início em aberto

A marcação adiantada adotada pelas duas equipes deixou as ações interessantes a partir do primeiro minuto de bola rolando. Enquanto a Itália mantinha mais a posse de bola, a Alemanha era mais objetiva. Tanto foi que os gêrmanicos tiveram o primeiro lance de perigo: aos 5 minutos, Kroos bateu o escanteio, a zaga furou e Hummels chutou meio sem querer. Da mesma forma, Pirlo tirou em cima da linha e evitou a abertura do placar.

Crescendo, o time de Joachim Low teve um momento de domínio, e chances. Buffon defendeu em duas oportunidades seguidas, em chutes de Boateng e Kroos, em lances bem menos perigosos.

A Itália é mais esperta e sai na frente

Sem conseguir espaço para inflitrar-se na área alemã, a Itália passou a arriscar chutes de longa distância. Aos 17 minutos, Montolivo arriscou de longe e orginou a primeira finalização azzurra na partida. Em seguida, Cassano fez o mesmo, e Neuer defendeu sem grandes dificuldades mais uma vez.

Quando conseguiu ser mais efetiva na frente, os italianos abriram o placar. Cassano girou com enorme facilidade sobre Hummels na risca da área e cruzou da esquerda. Balotelli subiu sozinho nas costas de Badstuber e testou para o fundo das redes.

Balotelli destrói a zaga alemã mais uma vez

E foram os italianos que seguiram melhores na partida. Em jogada entre Cassano e Montolivo, o meia do Milan teve espaço para ampliar, mas permitiu a recuperação da defesa alemã dentro da área. A linha de trás germânica, contudo, cometeria um erro fatal aos 36 minutos.

Do campo de defesa, Montolivo fez um lançamento espetacular para Balotelli, que surgiu por trás da defesa com muito tempo para finalizar. Ele dominou, avançou em direção à área e soltou um petardo indefensável. Era o segundo gol do camisa 9 no encontro, e o segundo da Itália ainda nos primeiros 45 minutos.

Segundo tempo sem reação

Nada mudou muito para a segunda etapa. Low trocou Podolski e Gomez por Reus e Klose, na tentativa de revitalizar o ataque do Mannschaft, mas pouco adiantou. Bem marcado, o meio-de-campo não conseguia fazer a transição de maneira efetiva. Ainda assim, a equipe teve boa oportunidade para diminuir. Lahm tabelou com Reus, e chutou por cima do gol. Não muito depois, o mesmo Reus cobrou falta da intermediária e Buffon fez grande defesa.

A Itália, contudo, não desligou por nenhum instante da partida, sempre dificultando a ação do adversário e, de quebra, distribuindo bem suas peças em busca de um contragolpe. Balotelli quase fez mais um em jogada individual, e Marchisio também chegou bem na frente em duas oportunidades.

Ozil desconta, mas era tarde

Com o passar do tempo, a Alemanha se desesperava em busca de um gol que lhes recolocasse na partida, mas isso esteve longe de acontecer. De quebra, a Azzurra teve grande oportunidade para fazer o terceiro, com Di Natale. O atacante pegou a defesa fora do lugar, avançou com espaço e chutou na rede pelo lado de fora.

Não se pode dizer, porém, que a pressão alemã não tenha colhido frutos. No finalizinho, Balzaretti colocou a mão na área. Pênalti que o meia Ozil converteu com categoria, mas era tarde. A Itália já tinha as mãos na vaga na decisão de domingo, diante da Espanha!
             

Relacionados