thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Europeu

  • 22 de junho de 2012
  • • 15:45
  • • PGE Arena Gdańsk, Gdańsk
  • Árbitro: D. Skomina
  • • Público total: 38751
4
TF
2

Alemanha 4 x 2 Grécia: Alemães tomam susto, mas garantem vitória tranquila

Alemanha 4 x 2 Grécia: Alemães tomam susto, mas garantem vitória tranquila

Getty Images

Time grego chegou a empatar a partida, mas três gols alemães na segunda etapa decretaram a vitória

A Grécia até ameaçou aprontar das suas quando empatou o placar depois que a Alemanha abriu o marcador no primeiro tempo. O time germânico, porém, tratou de afastar a zebra com mais três gols que definiram a goleada por 4 a 2 e garantiram seu lugar na semifinal da Euro 2012.

Início apressado da Alemanha

A postura prevista por todos os analistas antes do jogo se confirmou desde o início de partida. A Alemanha partiu para cima de uma Grécia toda encolhida em seu campo, apostando em um lance de contra-ataque para surpreender a favorita.

Os alemães cometeram um erro principal nos primeiros minutos de partida, o de apressar demais a definição das jogadas. Diante do paredão grego na marcação, a Alemanha errava demais o primeiro passe por tentar forçá-lo, sem paciência para trabalhar mais a bola.

Nas raras vezes em que acertava este passe, até pelo risco em sua execução, a Alemanha conseguia encontrar espaços. A regra dos movimentos iniciais, porém, foi ver uma Alemanha errando demais e pouco criando diante da retranca grega.

Um momento de pressão

Por volta dos 20 minutos da primeira etapa, a Alemanha teve seu melhor momento no jogo, contando com a movimentação intensa de Özil e Reus para combinar jogadas ofensivas envolventes, com trocas de passe em velocidade.

Assim, em um período curto de tempo, os alemães criaram várias chances de gol e levaram o técnico Joachim Löw à loucura com o desperdício de todas elas.

Lahm abre o placar

Quando a Alemanha já caía de rendimento na partida e o jogo parecia encaminhar-se para um 0 a 0 no intervalo, um chute de fora da área deu a vantagem ao time germânico.

Lahm recebeu na intermediária, avançou e disparou um chute forte. O goleiro Sifakis até encostou na bola para tentar a defesa, mas acabou aceitando e a bola entrou no canto direito para decretar o 1 a 0 no marcador, aos 38 minutos do primeiro tempo.

A Grécia ameaça, a Alemanha responde

O início do segundo tempo mostrou a Alemanha ainda tomando a iniciativa ofensiva da partida, apesar da vantagem de 1 a 0. O time germânico parecia prestes a ampliar o marcador nos primeiros minutos de segundo tempo, mas um contra-ataque grego acabou empatando o marcador.

Fotakis, que entrou no intervalo, fez grande lançamento para Salpingidis do lado direito. Ele avançou, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Samaras entrar de carrinho e mandar para as redes, aos nove minutos, fazendo 1 a 1.

A comemoração grega, porém, não durou muitoem um intervalo de menos de 15 minutos, a Alemanha marcou três gols e abriu uma vantagem definitiva no placar.

O gol que recolocou a Alemanha na frente saiu aos 16, quando depois de uma longa troca de passes, a bola chegou do lado direito para Boateng. Ele levantou para a área e Khedira pegou de voleio, alto, para fazer 2 a 1.

Não demorou muito e veio o terceiro. Özil cobrou falta para a área e Klose aproveitou a saída em falso de Sifakis para cabecear para o gol vazio. Aos 28, viria quarto gol, em um contra-ataque rápido em que Özil acionou Klose na área. Ele chutou, Sifakis espalmou, mas no rebote Reus não esperou a bola quicar e bateu firme. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar. 4 a 1.

Pênalti e gol grego

Quando o jogo já se encaminhava para o final, a Grécia ainda conseguiu diminuir o marcador em uma pênalti polêmico. A bola bateu na mão de Boateng dentro da área e o árbitro apontou a marca da cal.

Salpingidis bateu com categoria, no canto esquerdo, para dar números finais ao placar em 4 a 2, aos 42 do segundo tempo.

   
   

Relacionados