Corinthians: Retorno de Danilo está próximo, mas futuro ainda é uma incógnita

Ídolo do Timão não atua desde julho de 2016 por conta de graves lesões. Contrato com o Timão vai até o fim do ano
Mais artigos abaixo

Ídolo do Corinthians e jogador há mais tempo no clube, o meia Danilo não disputa uma partida oficial desde julho de 2016, mas essa espera parece estar próxima do fim. O jogador de 38 anos, que sofreu com graves lesões desde então, vem treinando com bola há duas semanas sem reclamar de dores e em breve deve voltar a ser relacionado pelo técnico Fábio Carille para as partidas da reta final do Campeonato Brasileiro.

Danilo não disputa uma partida oficial desde a vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, no dia 31 de julho desde 2016. Desde então, 432 dias se passaram e o meia sofreu com três lesões. No mês seguinte ao último duelo, o jogador teve uma grave fratura na tíbia e na fíbula da perna direita, que o afastou dos gramados por nove meses.


(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Ainda como reflexo do desequilíbrio muscular gerado pela primeira lesão, em junho deste ano ele sofreu um estiramento muscular na panturrilha esquerda e em agosto um novo problema no mesmo local.

A expectativa da comissão técnica é que o camisa 20 consiga seguir suportando o ritmo intenso dos treinos para que ele seja aproveitado, nem que seja por alguns minutos, em alguns duelos. Voltando a ficar à disposição, Carille pretende utilizá-lo centralizado no meio, função exercida hoje por Rodriguinho, ou até mesmo como centroavante, como já atuou com Tite.

Danilo espera também conseguir atuar para convencer a diretoria a renovar o seu contrato por mais uma temporada. Hoje, seu futuro segue indefinido. O Corinthians só pretende iniciar as conversas com o meia após o fim do Brasileirão ou se o Timão conseguir o título com antecedência.


(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Os dirigentes alvinegros ainda não definiram se irão apresentar uma proposta ou não ou até mesmo oferecer um cargo em outra área, caso o camisa 20 resolva se aposentar.

Contratado em 2010 a pedido do então técnico Mano Menezes, Danilo é ao lado de Ralf e Eduardo Amorim o 22º jogador que mais vezes vestiu a camisa do Corinthians, com 336 jogos. Nesse período, marcou 33 gols e conquistou seis títulos: Brasileirão (2011 e 2015), Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012), Paulistão (2013) e Recopa Sul-Americana (2013).

Vale lembrar que por conta da grave fratura na tíbia e na fíbula da perna direita, Danilo não foi inscrito no Paulistão deste ano e acabou não fazendo parte da conquista do título. 


VEJA TAMBÉM: